C

Comentando

Sem surpresas na lista da Tite

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

Poucas vezes se viu o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), na Suíça, absolver algum caso depois de já ter passado em outra instância. Reduzir a pena até acontece. No entanto, a maioria das vezes, a pena é mantida ou até aumentada. Na segunda-feira, o que se viu, no caso do jogador Guerrero, peruano do Flamengo e com grandes chances de constar na lista de seu país para disputar a Copa, foi a confirmação do que todos esperavam. O resultado foi desfavorável ao jogador que teve a pena aumentada para 14 meses. Como já cumpriu seis meses, faltam oito para terminar a suspensão. Assim, muito provavelmente ele não jogue mais pelo Flamengo, uma vez que seu contrato vence no dia 10 de agosto. E nem vai poder defender seu país na Copa da Rússia.

Inicialmente ele fora punido com seis meses e agora teve a pena aumentada. A substância encontrada na urina do jogador é o principal metabólico da cocaína.

Assim se confirma mais uma que o que o Tribunal tem por hábito fazer: mantém a pena anteriormente imposta ou aumenta ainda mais. Dois casos recentes tiveram absolvição no TAS: um atleta olímpico do Canadá e um tenista francês. Muito pouco para servir de parâmetro. No caso de Guerrero, como a substância apareceu no exame da urina, não há com escapar da punição sob a alegação de ter ingerido algo de forma involuntária. Não estou aqui acusando ou condenando o atleta, mas a situação verificada por laboratórios internacionais serviu de base para o Tribunal definir a pena.

É triste, pois um bom jogador ficará de fora da Copa e não vai defender um país que lutou muito pela vaga. Mas situações irregulares sempre enfrentaram o rigor da lei. E isso deve valer pra todo mundo. E já que o tema nos remete à Copa do Mundo, Tite convocou na segunda-feira (14) os 23 e sem surpresas, adicionou na lista dos já considerados como certos, Geromel, Cássio, Danilo (que substitui Dani Alves), Fagner, Felipe Luís e Taison.  Agora serão dois amistosos, contra a Croácia e Áustria e depois, que venha a Copa.

A lista completa ficou assim: Alisson. Ederson. Cássio. Danilo. Fagner. Marcelo. Filipe Luís. Miranda. Marquinhos. Thiago Silva. Geromel. Casemiro. Fernandinho. Paulinho. Renato Augusto. Fred. Philippe Coutinho. Willian. Neymar. Douglas Costa. Gabriel Jesus. Roberto Firmino. Taison.

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

LEIA NOSSAS COLUNAS

Comentando

Por: João Hermes

Radialista e cronista esportivo do Jornal Mensageiro desde 1985.

Comentários