Esporte

VICE CAMPEONATO

Melhor resultado da história do tênis de mesa

O brasileiro conquistou o vice-campeonato no Aberto do Catar, etapa Platinum do Circuito Mundial de Tênis de Mesa.

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

A medalha foi de prata, mas a campanha foi de ouro. Hugo Calderano, atleta do Time Nissan, conquistou o vice-campeonato no Aberto do Catar, etapa Platinum do Circuito Mundial de Tênis de Mesa. Considerado equivalente a um Grand Slam do tênis, o torneio, disputado em Doha, contou com 15 dos 16 melhores mesatenistas do planeta. Esta foi a primeira vez na história que um brasileiro chegou a uma decisão de um torneio desse nível, o mais alto da modalidade.

O caminho de Hugo Calderano até a decisão do campeonato impressionou o mundo do tênis de mesa. O atleta do Time Nissan 2.0 superou nomes como o alemão Timo Boll, atual número 1 do ranking. Na semifinal, não deu chances ao chinês Lin Gaoyuan, quarto melhor do mundo, vencendo por 4 a 0. A decisão foi contra outro chinês, Faz Zhendong, que com a vitória deve a assumir a primeira posição do ranking mundial.

Esta foi a segunda medalha de Calderano em duas etapas do Circuito Mundial disputadas em 2018. A primeira foi um bronze, na Hungria. Na ocasião, o brasileiro foi derrotado pelo adversário da final de hoje, Faz Zhendong. Hugo Calderano é o atual 15º do mundo, a melhor posição já alcançada por um atleta latino. O resultado no Aberto de Catar deve melhorar ainda mais a posição do brasileiro no ranking mundial. A próxima atualização da Federação Internacional de Tênis de Mesa será em abril.

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

LEIA POR EDITORIA

Comentários