Policial

Notas Policiais

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

 

Ex-prefeito e secretário condenados pela justiça

O ex-prefeito de Serranópolis do Iguaçu Nilvo Antônio Perlin (gestão 2000-2004), o então secretário de obras e uma empresa do ramo de construção civil foram condenados pela Vara da Fazenda Pública de Medianeira, por praticar atos de improbidade administrativa. De acordo com a Promotoria de Justiça, Nilvo autorizava a aquisição dos materiais diretamente da empresa requerida, desrespeitando normas previstas na Lei de Licitações (Lei 8.666/93). O secretário de obras, por sua vez, repassava os pedidos para os setores de compras e licitação e a empresa fornecia os produtos.

 

Inventou estupro em universidade de Curitiba

A jovem que disse ter sido vítima de um estupro em abril de 2017, dentro da Universidade Positivo, em Curitiba, mentiu sobre o suposto crime. As suspeitas de que havia algo errado começaram a surgir durante a análise do celular da jovem, que estudava na universidade. Na denúncia, a garota disse que tinha recebido mensagens de texto, pedindo que ela fosse assistir a uma palestra na instituição. Quando estava chegando ao local, teria sido abordada por dois homens, que a estupraram. No entanto, a tal mensagem nunca existiu, nem os retratos falados dos estupradores.

 

Furtava 50 toneladas de asfalto

Um homem de 41 anos foi preso em flagrante por furtar 50 toneladas de raspa asfáltica em Limeira (SP), que seriam usadas para reparar imperfeições no solo. De acordo com informações da Guarda Municipal, o material foi doado por uma concessionária para reparar vias da área rural da cidade. O centro de operações da Guarda recebeu denúncias e fotos do suspeito com um caminhão, que estava furtando o material no bairro Pinhal e levado até um depósito em outro bairro. Ele foi preso por furto, pagou a fiança e responderá pelo crime em liberdade. Todo o material foi devolvido.

 

Drogas apreendidas no Paraná

A Polícia Rodoviária Federal divulgou balanço oficial sobre apreensão de drogas realizadas ano passado no Estado: 53 toneladas, somente 51,6 toneladas de maconha – 26% maior que eu 2016. A segunda droga mais apreendida foi cocaína, com pouco mais de uma tonelada – quatro vezes maior que no ano anterior. Depois, aparece a apreensão de crack, que foi de 552,8 quilos. Já o número de armas apreendidas dobrou, totalizando 277. Além disso, foram apreendidas 42 mil cápsulas de munição e 21,6 milhões de carteiras de cigarro.

 

CNH digital disponível em fevereiro

A partir de fevereiro, o motorista poderá portar a Carteira Nacional de Habilitação eletrônica (CNH-e), em aparelhos de smartphones e tablets, com sistemas operacionais Android e IOS, baixados através das lojas virtuais Google Play e Apple Store. Entre os benefícios, está a economia com impressões, autenticação e digitalização de cópias, que permite criar um PDF exportável do documento que funciona como cópia autenticada e compartilhada para utilizar em qualquer situação que exija autenticação, seja por WhatsApp ou e-mail e até mesmo salvo no aparelho.

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

LEIA POR EDITORIA

Comentários