Policial

SEGURANÇA

Órgãos públicos vão inibir comércio ilegal próximo aos atrativos turísticos

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

O Conselho Municipal de Turismo (Comtur), em conjunto com o Pelotão de Turismo da Polícia Militar, realizou nesta terça, 08, um encontro com representantes dos órgãos de segurança, entidades do turismo e da prefeitura. Na ocasião foram discutidas medidas para coibir o comércio ilegal na área dos atrativos turísticos de Foz do Iguaçu.

O problema vem ocorrendo esporadicamente em algumas áreas da cidade, mas principalmente nas proximidades da entrada do Parque Nacional, Helisul e do Parque das Aves.

Entre as situações relatadas na reunião estão a abordagem de motoristas na rodovia e a venda de produtos na porta dos atrativos, atrapalhando o acesso dos visitantes aos locais.

O presidente do Comtur, Felipe Gonzalez, adiantou que a primeira medida definida entre os órgãos públicos (Municipal, Estadual e Federal) será a fiscalização na área dos atrativos já a partir deste mês.

“ Ficou definido que nesta primeira fase será feito um trabalho de orientação e posteriormente as forças de segurança e os setores de fiscalização vão iniciar a autuação”, disse.

Segundo o decreto municipal 21.821, de 22 de novembro de 2012, não é permitido o comércio eventual ou ambulante em uma distância de 50 metros de Unidades de Interesse Turístico.

Outro ponto abordado durante a reunião foi necessidade de ações de fiscalização permanente. Um cronograma será elaborado pelo Pelotão de Turismo com os demais setores de Segurança e Fiscalização para as atividades nos locais.

Estiveram presentes representantes da Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, DNIT, Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMBio), Sindicato dos Guias de Turismo, Vigilância Sanitária, Guarda Municipal, Secretarias da Fazenda e Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos e de instituições privadas do turismo.

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

LEIA POR EDITORIA

Comentários