A

Arquitetando

Conheça as diferenças entre o piso Bold e Retificado

PUBLICIDADE

Na hora da compra dos revestimentos, nos deparamos com uma infinidade de materiais que podem compor a matéria de um piso. Eles podem ser cerâmicos, porcelanatos, de madeira, laminados, vinílicos, granitos. Além de verificar o material e sua finalidade, o acabamento da borda do piso também é um item importante a se levar em consideração e muitas vezes não está muito claro para o comprador.

Quando se fala da borda da peça, temos basicamente dois tipos: bold e retificada. Um detalhe aparentemente simples, mas que faz muita diferença na estética, manutenção e na hora do assentamento das peças.

Bold – O mais conhecido e mais tradicional, em que o revestimento apresenta borda arredondada. Quando comparado aos pisos retificados, apresenta superfícies menos uniformes sendo necessário fazer um espaçamento entre as peças de 3 a 5 mm (determinado pelo fabricante). O piso bold demanda mais rejunte, no entanto, seu preço é mais acessível e de fácil instalação.

Retificado – Sua principal diferença é que as bordas são retas e uniformes, normalmente pelo corte com disco de diamante. Dessa forma, é possível instalar as peças de maneira uniforme e bem alinhada. Além disso, não é necessário utilizar tanto rejunte quanto na borda bold, que podem ser de 1 mm ou 1,5 mm entre as peças, o que é determinado pelo fabricante. Algumas marcas permitem o assentamento com junta seca, ou seja, a peça fica encostada uma na outra. Apesar do valor mais elevado, o revestimento retificado é muito popular, pois causa um efeito de amplitude visual, com menos marcação das linhas do rejunte, dando sofisticação, elegância e um visual mais clean.

As melhores opções em pisos e revestimentos você encontra na Martelli Construção e Acabamento

Arquitetando

Por: Jaqueline Mafini

Formada em Arquitetura e Urbanismo desde 2014 e pós-graduada em Engenharia de Gestão e Prevenção Contra Incêndio e Pânico. Atua na área desde 2010, com destaque para design de interiores e prevenção de incêndio.

Comentários