A

Arquitetando

Dúvidas na reforma da cozinha?

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves
Projeto Ana P. Rossetto e Jaqueline Mafini – Arquitetura e Interiores

É o desejo da maioria das pessoas ter uma casa ou apartamento bem decorado, organizado e que atenda confortavelmente às necessidades pessoais e familiares. Mas muitos têm medo de iniciar uma reforma devido ao grande número de detalhes que precisam ser considerados e planejados, para que ocorra tudo da melhor maneira possível.

Um dos ambientes mais solicitados nas reformas é a nossa amada cozinha. O ponto de encontro da casa vem ganhando atenção especial nos últimos tempos, com projetos cada vez mais integrados a casa. Pensando nisso, seguem dicas para você tomar coragem e iniciar aquela obrinha tão aguardada.

1. Por onde começar – O ideal é começar avaliando o uso do ambiente e as necessidades da família. Depois definir o local, quais eletrodomésticos e o espaço de cada um.  Isso vai nortear o projeto e ajudar com o orçamento junto aos fornecedores.

2. Qual o erro mais comum? – O planejamento é fundamental. A falta dele resulta em muitas dificuldades. É de suma importância pensar nos pontos de elétrica, hidráulica e na circulação. Essas medidas evitam problemas como deixar passagens estreitas e falta de tomadas para os eletrodomésticos.

3. O que não pode faltar? – Praticidade. Quando os armários são bem dimensionados e distribuídos facilita muito o cotidiano do morador. O triângulo formado de geladeira, fogão e pia é um grande aliado para obter fluidez no ambiente.

4. Como eleger acabamentos? – É preciso ter em mente todos os materiais que serão usados, desde o piso até paredes e móveis, pensando na harmonia do conjunto. Na cozinha, em especial, é importante levar em conta a presença de gordura, calor e umidade.

5. Invista em tomadas em pontos estratégicos – Uma cozinha prática é fundamental. A boa distribuição de tomadas, pensando no uso dos eletrodomésticos auxilia no dia a dia. Essas alterações devem ocorrer antes da colocação dos revestimentos.

6. Monte um orçamento – Para ter tranquilidade durante a reforma da cozinha e não gastar mais do que o esperado é preciso fazer um planejamento dos gastos e verificar a viabilidade da obra.

7. Tenha bons fornecedores e mão de obra especializada – Para uma reforma sem problemas e que seja satisfatória, é preciso trabalhar com empresas e pessoas de confiança. Por isso, pesquise bastante na hora de escolher seus fornecedores.  Tenha em mente que a casa não é um produto descartável e sim um bem duradouro e, por isso, as intervenções devem ser realizadas por profissionais de confiança. Muitas vezes esse gasto a mais com a mão de obra ou projeto é um investimento que vale a pena para evitar futuros prejuízos e insatisfações.

8. Quais os segredos para ter uma cozinha perfeita? – Um bom projeto criativo e a assertividade na escolha da empresa que executará os móveis. Uma cozinha perfeita atende ao dia a dia do proprietário e reflete sua personalidade.

Fontes: casavogue.globo.com, uaulimpeza.com.br, blogpraconstruir.com.br

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

LEIA NOSSAS COLUNAS

Arquitetando

Por: Jaqueline Mafini

Formada em Arquitetura e Urbanismo desde 2014 e pós-graduada em Engenharia de Gestão e Prevenção Contra Incêndio e Pânico. Atua na área desde 2010, com destaque para design de interiores e prevenção de incêndio.

Comentários