A

Arquitetando

Pergolados

Não é de agora que os pergolados vêm conquistando seu espaço nos projetos arquitetônico e de paisagismo. Costumam ser usados em áreas externas como jardins, varandas, halls de acesso, fachadas, garagens, corredores e próximos a área gourmet/churrasqueira.

Uma pérgola é uma estrutura formada por colunas e vigas. É mais popular na versão feita em madeira, mas pode ser executada com os mais variados materiais, como ferro, concreto, bambu, e pode ser vazada ou apresentar cobertura de vidro, policarbonato ou malhas de bambu, que dão mais rusticidade.

Criar essa área de sombreamento com pergolados é um artificio muito utilizado na arquitetura, pois permite criar pontos de sombra em espaços abertos. Com suas vigas vazadas, pode servir de apoio para plantas trepadeiras, permitindo o cultivo de flores ou frutas e a criação de um espaço acolhedor e convidativo.

O piso costuma ser uma extensão do jardim, onde pode-se usar seixos, pedriscos, piso drenante, deck de madeira ou até porcelanato.

Não há restrições quando o assunto é pergolado, apenas ter atenção às dimensões que devem ser proporcionais ao espaço em que ele está inserido, mas o estilo pode ir do rústico ao contemporâneo. O importante é ele compor com a arquitetura e se integrar ao entorno.

Projeto Ana Rosseto e Jaqueline Mafini

Arquitetando

Por: Jaqueline Mafini

Formada em Arquitetura e Urbanismo desde 2014 e pós-graduada em Engenharia de Gestão e Prevenção Contra Incêndio e Pânico. Atua na área desde 2010, com destaque para design de interiores e prevenção de incêndio.

Comentários