Caderno Especial Saúde

Hospital e Maternidade Nossa Senhora da Luz, 54 anos a serviço da vida e da esperança

O dia 29 de outubro é sempre uma data significativa e especial para o Hospital e Maternidade

Esta data representa o início de tudo, quando no ano de 1969 as Irmãs Missionárias Servas do Espírito Santo, Marianne Weiss e Isabela Schoffen, iniciaram atendimentos domiciliares às gestantes, durante a gravidez e no momento do parto. Com o passar do tempo evoluiu de Casa de Parto para Hospital e, posteriormente, Hospital Geral, sendo um dos pioneiros da cidade de Medianeira.

Com a missão de prestar assistência hospitalar a quem necessita, com profissionais capacitados e gestão autossustentável, a instituição ultrapassa barreiras para exercer sua missão.

São 54 anos de história que só é possível com a contribuição da comunidade, colaboradores, parceiros e voluntários, além do apoio das Prefeituras de Medianeira, Serranópolis do Iguaçu e Deputados. Com estas ajudas, já passamos por reestruturações e ampliações, tudo para garantir a melhoria e qualidade no atendimento da população de Medianeira e região, que equivalem aproximadamente 3.500 atendimentos/mês.

E neste aniversário quem ganha o presente é o HMNSL, pois a solidariedade que recebemos é extraordinária. Confira alguns relatos de médicos que nos acompanham nestes 54 anos de instituição.

Dr. Julio Cesar Marques Neme Junior – Urologista e atual Diretor Clínico do HMNSL

“São 54 anos de história, uma Instituição que não para de crescer e se reinventar. Participo ativamente desta história há 13 anos, lembro muito bem dos primeiros dias, especialmente o centro cirúrgico, ainda pequeno, com apenas três salas. UTI engatinhando, nos seus primeiros anos. Vi com meus próprios olhos essa grande evolução, um Hospital moderno, equipado com o que há de melhor para atender sua população. Funcionários dedicados e exemplares, corpo clínico eficiente, competente e solidário com seus pacientes. Sem dúvida, o esforço dessas guerreiras, as Irmãs da Congregação Servas do Espírito Santo, em especial a Irmã Hilda, a frente desta Instituição exatamente nos mesmos 13 anos em que vivo essa história, tem dado belos frutos nestes 54 anos. Parabéns ao Hospital e a todos que de alguma maneira ajudam a fazer desta Instituição uma referência em saúde em nossa região”.

Dr. Tomas Edson Andrade da Cunha – Pediatra

“Em 1987 a Irmã Emília, que cuidava dos bebês no Hospital, me procurou para poder ajudá-la em algumas situações do berçário (com alguns bebês prematuros). Não se tinha UTI em lugar nenhum, a gente tinha que se virar como dava. Me apaixonei pela Entidade, pela organização das Irmãs Servas do Espírito Santo e acabei assumindo a pediatria. Testemunhei o crescimento de todas estrutura do Hospital e me orgulho muito de ter sido diretor clínico por aproximadamente 20 anos, com uma trajetória ascendente, as Irmãs sempre preocupadas com o bom atendimento, bem-estar, qualidade dos insumos para poder atender bem a comunidade. Participei da ampliação de onde era uma garagem ser transformada em consultórios e pronto-socorro. De uma ala antiga ser transformada de uma ala moderna. Atuei incessantemente para criação da UTI e hoje temos uma UTI de referência, excelentes profissionais e excelentes instalações. Me orgulho muito de ter participado do crescimento da Maternidade e fico muito feliz por estar onde a Maternidade está, ou seja, um destaque regional no atendimento hospitalar. Queria cumprimentar, as Servas do Espírito Santo, a direção de Ponta Grossa, a direção local, por esse entusiasmo e esse afinco que dedicam ao nosso querido Hospital e Maternidade Nossa Senhora da Luz, que é uma referência na região oeste do Paraná”.

Dra. Patrícia Angélica Munari – Anestesista

“Há 21 anos cheguei à Medianeira para trabalhar como médica anestesiologista no Hospital e Maternidade Nossa Senhora da Luz, o “Hospital das Irmãs”. Com pouco tempo de formação, foi nele que encontrei condições e segurança para minha vida profissional. Amadureci como pessoa e profissionalmente, tendo a minha sombra este grande serviço. No início havia pouco trabalho no centro cirúrgico, não chegava a 100 cirurgias/mês. Hoje facilmente ultrapassamos 400 cirurgias/mês, o que nos dá noção do crescimento do Hospital e da sua importância na vida dos medianeirenses e região. Presenciei o florescer deste Hospital, que se tornou referência em nossa microrregião graças à qualidade dos serviços prestados, aqui enaltecendo a luta da Congregação Irmãs Servas do Espírito Santo no sentido de manter e modernizar o serviço. É com orgulho que digo que faço parte dessa história, que faço parte do corpo clínico do Hospital Nossa Senhora da Luz”.

Somos gratos por todo carinho e solidariedade recebidos no decorrer destes 54 anos, e nos comprometemos em manter nossa missão de salvar vidas!

Comentários