C

Café Analítico

Equilíbrio

PUBLICIDADE

Encontrei esse conto oriental e pensei ser pertinente à nossa vida atual, todas estas situações pelas quais estamos passando e o consequente desequilíbrio que vivemos. Buscar uma maneira de nos equilibrarmos é essencial para a saúde física e mental. Segue a reflexão:

Uma vez um jovem visitou um grande sábio para perguntar como deveria viver para adquirir a sabedoria.

O ancião, ao invés de responder, propôs um desafio:

– Encha uma colher de azeite e percorra todos os cantos deste lugar, mas não deixe derramar uma gota sequer.

Após ter concordado, o jovem saiu com a colher na mão, andando a passos pequenos, olhando fixamente para ela e segurando-a com muita firmeza. Ao voltar, orgulhoso por ter conseguido cumprir a tarefa, mostrou a colher ao ancião, que perguntou:

– Você viu as belíssimas árvores que havia no caminho? Sentiu o aroma das maravilhosas flores do jardim? Escutou o canto dos pássaros?

Sem entender muito o porquê daquilo tudo, o jovem respondeu que não e o ancião então disse:

– Assim você nunca encontrará a sabedoria na vida: vivendo apenas para cumprir suas obrigações sem usufruir das maravilhas do mundo. Assim nunca será um sábio.

Em seguida, pediu para o jovem repetir a tarefa, mas desta vez observando tudo pelo caminho. E lá foi o rapaz com a colher na mão, olhando e se encantando com tudo. Esqueceu da colher e passou a observar as árvores, cheirar as flores e ouvir os pássaros. Ao voltar, o ancião perguntou se ele viu tudo e o jovem extasiado disse que sim. O velho sábio pediu, então, para ver a colher e o jovem percebeu que tinha derramado todo o azeite pelo caminho.

Disse-lhe o ancião:

– Assim você nunca encontrará sabedoria na vida: vivendo para as alegrias do mundo sem cumprir suas obrigações. Assim nunca será sábio.

Para alcançar a sabedoria terá que cumprir suas obrigações sem perder a alegria de viver.

Somente assim conhecerá a verdadeira sabedoria.

Café Analítico

Por: Camyle Hart

Graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Estadual de Ponta Grossa em 1999, atuando por 15 anos na área, em diversos veículos de comunicação do Paraná. Pós-graduada em Comunicação e Mercado na Era Digital.
Formada em Psicologia pela Faculdade Anglo Americano – Foz do Iguaçu, especializando-se em psicologia Junguiana. Atualmente, mantém uma coluna sobre saúde mental nos jornais Nossa Folha e O Mensageiro, ambos de Medianeira. Mantém um blog sobre temas da psicologia e atua como psicoterapeura, no contexto ‘home care’(domiciliar) e online.

Comentários