C

Café Analítico

Positividade tóxica

Nada é perfeito. Quero começar o texto com esta afirmação justamente para dar o pontapé inicial nesta ilusão de uma vida completamente feliz, linda, próspera e sem problema algum… um verdadeiro comercial de margarina, onde o próprio consumo deste derivado já põe por terra a ideia inicial (risos).

Quantas vezes você já ouviu que precisa pensar positivo, mesmo em meio a sérios problemas? E que não pode se deixar abalar e é preciso ter gratidão por tudo, mesmo em situações terríveis? Pois bem, saiba que você foi vítima do que chamamos de positividade tóxica.

A positividade tóxica é caracterizada pela exaltação do positivo e tentativas desesperadas de reprimir o negativo.

Vemos, principalmente nas redes sociais, a venda desta ideia de vida perfeita, alegria infinita. No Instagram e Facebook é uma avalanche diária de frases motivacionais; de gratidão infinita por tanta felicidade; fotos de corpos perfeitos onde a pessoa já acorda animada malhando duas horas sem suar e nem desarrumar os cabelos; rostos cheios de filtro que não tem nenhuma manchinha, ruguinha; pessoas que ganham dinheiro fácil, basta fazer o curso de final de semana impactante com o coach do momento.

Então você, em casa, se olha no espelho e não atende a esse padrão estético e motivacional, afinal, a realidade não condiz com o que todo mundo posta na rede; veste a calça jeans para ir trabalhar e sente a barriga um pouco inchada da comidinha a mais do dia anterior; não consegue ser tão alegre e grato ao universo tendo de trabalhar pesado por oito horas, aguentar um chefe difícil, ter aquela dorzinha de cabeça chata na TPM, chegar em casa e ainda dar conta de vários afazeres. Enfim, decididamente, você não consegue ser tão feliz, lindo e grato como o que lhe vendem nas redes sociais.

E aí você fica deprimido, triste e, não raro, pode chegar à depressão. Afinal, por que todo mundo tem uma vida tão perfeita, menos eu? E a conclusão a que você chega é: sou um fracassado.

Ilusão. Tudo uma grande ilusão. A vida real é cheia de obstáculos, probleminhas para serem resolvidos diariamente. Um dia a gente acorda se sentindo bem e lindo, em outros temos olheiras, uma espinha, rosto inchado.

Precisamos saber filtrar, não em apps de retoque, mas na vida real, tudo o que nos chega de informação. Entender que todo esse mercado de frases motivacionais, gratidão a tudo, fotos impecáveis e vidas maravilhosas não condiz com a realidade, muito pelo contrário, pode trazer sérios danos à nossa saúde mental.

Café Analítico

Por: Camyle Hart

Graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Estadual de Ponta Grossa em 1999, atuando por 15 anos na área, em diversos veículos de comunicação do Paraná. Pós-graduada em Comunicação e Mercado na Era Digital.
Formada em Psicologia pela Faculdade Anglo Americano – Foz do Iguaçu, especializando-se em psicologia Junguiana. Atualmente, mantém uma coluna sobre saúde mental nos jornais Nossa Folha e O Mensageiro, ambos de Medianeira. Mantém um blog sobre temas da psicologia e atua como psicoterapeura, no contexto ‘home care’(domiciliar) e online.

Comentários