Cidades

AVANÇO

Queda de hospitalização faz Hospital Madre de Dio encerrar leitos covid e retomar perfil assistencial pré-pandemia

Fachada do Hospital Madre de Dio. Foto: Pró-Saúde

Com o avanço da vacinação e a consequente queda de hospitalizações, o Hospital Madre de Dio anunciou que prepara o fechamento de leitos dedicados aos pacientes com Covid-19 ao mesmo tempo em que retoma seu perfil assistencial pré-pandemia.
De acordo com a direção, serão encerrados 20 leitos extras de UTI (unidade de terapia intensiva), que foram abertos exclusivamente para atender as hospitalizações de pacientes com Covid-19.
“Felizmente, essa é uma boa notícia porque a quantidade de doentes graves por covid está diminuindo a cada dia. Aos poucos, o país vai conseguindo controlar a pandemia”, afirmou o diretor Hospitalar Rodrigo Fauth.
Em abril deste ano, o Madre de Dio implantou um serviço especializado para atender pacientes encaminhados por meio de parcerias firmadas com outras entidades, entre elas o Hospital Ministro Costa Cavalcanti e a Itaipu Binacional.
No auge das hospitalizações, em julho, a ocupação chegou a 90% de um total de 30 leitos, já considerando os 20 extras de UTI.
Para atender à demanda, o hospital contratou temporariamente 90 profissionais médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e farmacêuticos, além de colaboradores em outras áreas.
Durante o período, o Madre de Dio atendeu 292 pessoas. “Alguns pacientes com Covid-19 costumam ser de longa permanência em razão da recuperação lenta. Varia bastante”, explicou o diretor Técnico Alex Pereira Okamura.
Com o encerramento do serviço especializado para casos com Covid-19, o hospital encerrará o contrato de trabalho com cerca de 70 funcionários e focará na readequação do novo momento da unidade.
“Agora vamos retomar gradativamente os pacientes eletivos, focando no atendimento de conveniados e outros grupos assistenciais, principalmente de pessoas que decidiram adiar o atendimento por conta da pandemia”, observou Alex. 
O hospital manterá os leitos para atendimento aos pacientes de convênios, da nona regional e particulares. 

Sobre o hospital

Considerado um dos hospitais mais avançados do Estado paranaense, o Madre de Dio tem capacidade para 304 leitos, além de possuir cinco salas cirúrgicas, pronto-socorro completo e departamento de imagem com oferta de exames de alta complexidade. A unidade está localizada no município de São Miguel do Iguaçu, região Oeste do Paraná, e é gerenciada pela Pró-Saúde, uma das maiores entidades de administração hospitalar do país.

Comentários