Cidades

DENGUE

São Miguel do Iguaçu divulga resultado do LIRAa

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

A Secretaria Municipal de Saúde de São Miguel do Iguaçu, por intermédio da Vigilância Sanitária esteve realizando na última semana do mês de outubro o Levantamento Rápido de Índice de Infestação do Aedes aegypti – LIRAa no município.

Diante disso, a equipe do setor de Endemias divulgou hoje (05) o resultado, totalizando um percentual de 6,6% de infestação, número que coloca São Miguel em situação de alto risco para epidemia de dengue, zika e chikungunya.

A pesquisa é realizada a cada quatro meses para verificar como anda a circulação e a proliferação do mosquito aedes. Segundo o Ministério de Saúde os levantamentos são avaliados da seguinte maneira: Inferiores a 1%: estão em condições satisfatórias; De 1% a 3,9%: estão em situação de alerta; Superior a 4%: há risco de surto de dengue.

De acordo com a Diretora da Vigilância Sanitária e Epidemiologia, Priscila Dorigon, a forma de evitar uma nova epidemia, é manter os terrenos limpos, livres de materiais que possam de servir como reservatório de água para a proliferação do mosquito, um dever de cada cidadão.

Segundo ela, de agosto deste ano até o momento, São Miguel está com 26 casos de dengue confirmados.

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

LEIA POR EDITORIA

Comentários