C

Comentando

A emoção de um atleta paralímpico

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

Superação! Essa é a palavra que exprime tudo aquilo que está se vendo no ParaPan de Lima, no Peru. Vi algumas modalidades durante essa semana e confesso pra vocês que tento imaginar como nós, que nos achamos normais, viveríamos esse momento.

Com todas as dificuldades do mundo, pude observar atletas paralímpicos buscando superar marcas e dificuldades ao mesmo tempo. Superando isso, abrem um sorriso largo, demonstrando toda a felicidade pelo resultado alcançado.

Mas para chegar até aqui, passaram por momentos de muita luta, superação e treinamento. E seus treinadores, que acompanham muitos desses paratletas desde muito cedo, demonstram a qualidade técnica para ensinar e a grande paciência, pois também têm lá suas dificuldades.

Por alguns instantes, você pode até se chocar com o que vai ver. Mas garanto a vocês que a emoção é muito maior ao vê-los com a medalha no peito. E certamente vai ficar na torcida pelos brasileiros chegarem sempre na frente. A alegria contagiante desses atletas nos leva a uma reflexão profunda. Estamos dando a atenção certa para todos eles? Quantos pelo Brasil afora poderiam também estar numa competição, mostrando que podem superar as barreiras que a vida lhes impôs?

Mas, assim como em qualquer tipo de esporte que represente o país, sempre falta mais apoio. Empresas públicas deveriam dispor de recursos para esse tipo de competição. Como Jogos olímpicos e paralímpicos. Ainda bem que certo banco estatal está cortando patrocínios para clubes de futebol. Quando se representa o país, seja qualquer tipo de modalidade esportiva, aí sim vale apena investir.

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

LEIA NOSSAS COLUNAS

Comentando

Por: João Hermes

Radialista e cronista esportivo do Jornal Mensageiro desde 1985.

Comentários