C

Comentando

Palmeiras é destaque nesse começo de campeonato

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

Estou de férias. Mas esse espaço não. Para quem gosta de esportes, férias também sobra tempo para acompanhar o que acontece no esporte, seja aqui ou fora.

E entre uma taça de vinho na Serra Gaúcha ou uma Polar gelada, sempre vai sobrar um tempo para ver o que acontece por aí. No fim de semana que passou, por exemplo, vimos o GP de Mônaco, o mais charmoso circuito da Fórmula 1. E o que vimos também foi a supremacia da Mercedes, com Hamilton sendo o melhor, levando vantagem mais uma vez sobre seu companheiro Bottas. E essa tendência deve se mantar até o final da temporada, com o inglês conquistando mais uma vez o título.

No futebol, a seleção brasileira se prepara para amistosos visando a Copa América, enquanto a bola rola pelo campeonato brasileiro. Na série B, os paranaenses não se deram bem na rodada, com exceção do Coritiba, que venceu e está próximo do G-4. Já Londrina e Operário de Ponta Grossa, não se deram bem. A equipe pontagrossense perdeu em casa e namora com a zona de rebaixamento. Já o Londrina, mesmo com a derrota, ainda está no grupo que sobe para a primeira divisão. Ainda é cedo para projetar qualquer coisa, se sobe ou desce. Mas é bom ficar de olhos abertos e levar sempre em consideração que jogos em casa são para vencer, somar pontos.

Na série A, o Palmeiras sobrando, com cinco vitórias em seis jogos e ainda invicto. Não dá para dizer se manterá o ritmo assim até o final, mas demonstra que perseguirá o título até o fim. Felipão novamente comanda um grupo forte, onde sempre se deu bem. Muito investimento com contratações de peso fazem do time do Palmeiras o grande favorito da temporada. Já o Flamengo, que também investiu muito, parece-me que outra vez ficará no “cheirinho”. Mas com disse, ainda é muito cedo, foram apenas seis rodadas de um total de 38.

Para encerrar, falo de nossas estradas no Sudoeste do Estado. Entra ano e sai ano, as obras continuam, não terminam nunca e cada vez mais esburacadas, se tornam intransitáveis. Até quando isso vai continuam assim? O Sudoeste do Paraná não pode esperar mais. É preciso consertar aquilo que não foi feito em muitos anos. O povo está cansado de esperar.

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

LEIA NOSSAS COLUNAS

Comentando

Por: João Hermes

Radialista e cronista esportivo do Jornal Mensageiro desde 1985.

Comentários