D

Dicas do Chef

Caldos e Sopas

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

Aproveitando essa onda de frio que finalmente chegou na nossa região, nosso assunto de hoje é quentinho, aconchegante, muito bom para aquecer nas noites frias e refrescar nos dias quentes. Hoje o papo é sobre SOPAS e CALDOS. Hummm, deu água na boca, né?! Então vamos para história.

Sopas, caldos e minestras nos rementem a algo muito família, nos trazem aquela sensação gostosa de aconchego do lar. A palavra sopa vem do gótico suppa, que significa “pedaço de pão molhado”. A história da sopa nos leva lá pra Idade Média, quando sobre o pão, que naquela época era uma espécie de focaccia de grãos, tinha também a função de prato onde eram cortadas carnes, peixes, queijos e todas outras iguais de uma refeição.

Inicialmente a sopa era mais grossa, tinha consistência quase de uma polenta de cereais, como aveia, milho, centeio e cevada, que eram deixados inteiros ou transformados em uma farinha e colocados para ferver, junto com verduras e legumes. Tal mistura ficava horas no fogo da população mais pobre, já o prato dos nobres podia ser enriquecido com carnes e bacon. O sal, por ser muito caro, era pouquíssimo usado e as sopas eram normalmente feitas com água do mar.

O pão era o alimento mais básico da época e fazia parte da refeição. O trigo era um ingrediente muito caro, sendo assim, somente os mais ricos podiam consumi-lo, ficando aos mais necessitados os cereais menos valorizados e as castanhas, que eram amassadas com água e assim se fazia um pão escuro de consistência mais firme.

Então, partiu esquentar o final de semana???

MINESTRA DE FEIJÃO

Ingredientes:

250gr de feijão preto

250gr de feijão vermelho

250gr de arroz ou massa (tamanho pequeno)

1 maço de salsinha

1 maço de cebolinha

1 cebola média

3 dentes de alho

Sal, pimenta louro – a gosto

Modo de preparo:

Cozinhe o feijão até ficar macio. Bata no liquidificador. Coe o feijão para tirar as cascas e reserve o líquido. Refogue no azeite a cebola, o alho, a salsa e a cebolinha.

Misture o refogado no caldo e adicione o arroz ou o macarrão. Deixe cozinhar o arroz ou o macarrão no caldo temperado. Sirva com salada verde, salame, queijo colonial ou torresmo.

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

LEIA NOSSAS COLUNAS

Dicas do Chef

Por: Anderson Thomazzoni

Professor e Chef de Cozinha. Formado em Administração e Gastronomia. Pós Graduado em Enogastronomia com especialização em Docência e Gestão do Ensino Superior. Brasileiro, solteiro, 30 anos. Endereço comercial e residencial na Rua Santa Catarina, número 2770. Centro – Medianeira – PR.

Comentários