Economia e Negócios

agronegócios

Biolabore participa de formação de produtores para produção orgânica no Oeste do Paraná

PUBLICIDADE

Um trabalho de capacitação com produtores do município de Cascavel realizado sexta-feira (28), visa solidificar a produção orgânica com mais qualidade, produtividade e mercado. Os produtos atendem a demanda de feiras, atacado e varejo, além de ser destinado à merenda escolar. O trabalho de capacitação em Cascavel ocorre simultaneamente à ações em toda a região que visam a produção organizada.

O Governo do Estado, por intermédio da Lei 16.751/10, institui a alimentação escolar orgânica em todo o sistema estadual de ensino do Paraná. O objetivo é incluir alimentos orgânicos gradualmente na alimentação dos alunos das mais de 2 mil escolas estaduais, até chegar a 100% da merenda em 2030.

Para que o Paraná seja o primeiro estado a ter 100% da merenda orgânica, diversas estratégias serão adotadas, segundo o Governo do Estado. As ações incluem soluções na área de sanidade animal, ampliação da produção e organização dos produtores em associações e cooperativas.

Em Cascavel a capacitação é a abertura do período de cursos e capacitações com produtores familiares, orgânicos e em processo de certificação, segundo o presidente da Cooperativa de Trabalho e Assistência Técnica do Paraná (Biolabore), Douglas Kunz.

O trabalho é desenvolvido em parceria pela Biolabore, Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Fundetec), prefeitura de Cascavel e Itaipu Binacional.

Conforme Kunz, o objetivo é a capacitação e profissionalização para aumento da produtividade, mais produtores orgânicos certificados e aumento da diversificação de produtos para atender a merenda escolar, feiras e venda no varejo e atacado.

Comentários