Educação e Cultura

ARTE

Artesanato lindeiro alinha ações para 2023 na região

O grupo gestor (GT) da Rede de Cooperação do Artesanato da região lindeira dá andamento ao planejamento estratégico de ações. O trabalho resulta de uma ação que visa o incentivo ao setor em cada município e, com isso, fortalecer o trabalho em toda a região. A reuniões de sensibilização foram realizadas em cada um dos 16 municípios lindeiros por intermédio do Programa de Governança, Inovação e Inteligência para Desenvolvimento dos Arranjos Produtivos nos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu (PGR), pelo eixo ‘inovação’.

Em agosto foi realizado um encontro com os artesãos e a elaboração de propostas para a estruturação de um planejamento estratégico, estágio que está sendo executado a partir de agora, depois de alinhamentos do grupo gestor.

A expectativa é positiva pelo engajamento e participação das pessoas nos municípios, segundo uma das representantes do GT, Marlei Scussel. “A visão do artesanato está mais clara e a atividade está sendo bem aceita”, observa.  

A diretora técnica do Conselho de Desenvolvimento dos Lindeiros ao Lago de Itaipu, Sandra Finkler, destaca que na última reunião, sexta-feira (21), foram juntadas as informações e definidas ações prioritárias para serem trabalhadas em 2023. “Foram elencadas cinco ações macro para serem aprofundadas”, frisa.

O professor da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Douglas Roesler, lembra que a iniciativa é possível por convênio com os Lindeiros, pelo PGR, e ressalta a colaboração e planejamento dentro da Rede de Cooperação do Artesanato.

O artesão Ademar Silveira (Podekrê), que também compõe o GT, enaltece que o encontro dá sequência aos trabalhos anteriores. “Foram centralizadas as sugestões definidas em parcerias com artesãos de toda a região lindeira”, observa.

Mega Artesanal

Artesãos lindeiros também participarão da Mega Artesanal, que será realizada em São Paulo. O Conselho dos Lindeiros fornecerá o transporte para o evento por intermédio da Linha Ecológica, e os artesãos custearão sua hospedagem, alimentação e deslocamento na cidade, conforme Sandra Finkler.

A Mega Artesanal é realizada há mais de 15 anos, com a participação da indústria, do comércio, dos ateliês, confeiteiros e artesãos.

São oferecidos cursos e demonstrações, além dos lançamentos e  venda de produtos, matérias primas, projetos, desafios, exposições, premiações, encontros e negócios.

A saída de Santa Helena está programada para 15h de quinta-feira (27) e a chegada de retorno domingo (30), próximo ao meio dia. Os artesãos poderão participar do evento em dois dias, 28 e 29 de outubro.

Comentários