Especial

SÃO MIGUEL DO IGUAÇU

Prainha fechada para reformas

O Balneário de Vila Ipiranga de São Miguel do Iguaçu está fechado para reformas desde dezembro do ano passado. Quem passa pelo local, vê que a entrada à prainha está bloqueada e tem previsão de voltar a abrir ao público somente na metade deste ano.

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

A prainha atrai moradores da cidade e da região, além de paraguaios e argentinos que optam pelo atrativo geralmente aberto de dezembro a fevereiro para as festas de Natal, Ano Novo e Carnaval. Porém, nesta temporada o balneário está fechado para reformas desde o começo de dezembro do ano passado. Sobre essa atitude, o prefeito Claudiomiro Dutra enfatiza que foi uma decisão difícil, mas necessária. “A decisão foi tomada após reunião com moradores daqui. Devemos ficar satisfeitos que as obras começarão em breve. A praia ficará fechada neste ano, porém em agosto reabriremos a temporada com um ponto turístico e que voltará a ser o nosso principal atrativo do município”, confirmou o prefeito.

O local deverá receber uma reforma completa, com pinturas nos quiosques, sanitários, churrasqueiras, mesas, portaria, pias coletivas, pontos de água e luz; substituição da tela para lagoa, areia para área de banho e quadras de vôlei, tela para campo de futebol, lixeiras e a cerca de divisa entre a praia e a comunidade; recape asfáltico, construção de uma nova rampa para barcos e píer; pavimentação para acesso ao novo atracadouro por fora da praia. Para a revitalização, o município pediu o apoio de Itaipu Binacional, que assinou um convênio no valor de R$ 2.118.179,69. “O nosso orçamento prevê a reforma para o ano que vem. Nós estávamos fazendo o projeto, e o projeto ficou pronto agora. São vários detalhes que precisam ser considerados. Só agora também vamos assinar o convênio com a Itaipu”, explicou o prefeito Claudiomiro Dutra, ao destacar que seria inviável fazer apenas uma reforma provisória. Durante o período das obras, estão proibidas quaisquer atividades e/ou acesso de pessoas não autorizadas no local. Os integrantes da Colônia de Pescadores Z-11 ficam autorizados a obter acesso através do portão de trabalho.

A decisão, através de Decreto ainda em 08 de dezembro do ano passado no Diário Oficial Eletrônico, deixou muitos comerciantes do entorno inconformados – pois haviam investido em reformas para atrair mais clientes durante a temporada 2017/2018. Resta aguardar pelas novas reformas, previstas para serem concluídas em agosto e a reabertura na temporada do final deste ano.

Na entrada do Balneário, bloqueado para reformas