Esporte

SÃO MIGUEL DO IGUAÇU

Seis atletas se tornam faixa preta de karatê

Seis atletas de São Miguel do Iguaçu que fazem parte do projeto da secretaria municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, desenvolvido gratuitamente com crianças e adolescentes do município por meio da Associação Evolução Karatê, receberam na noite de segunda-feira, 30, as faixas e certificados após serem aprovados na graduação de faixa preta 1º Dan.

PUBLICIDADE

A entrega aconteceu na sede da escola de karatê do município, localizada junto ao Parque de Exposições Benvenuto Verona, e contou com a presença de autoridades municipais, familiares e praticantes da modalidade.

Os caratecas Adrielly Motta, Arthur Alves Rodrigues, Danielly Motta, Gustavo Henrique Magagnim Silva, Isabel da Silva Cardoso e João Vitor Moreira Spelfeld receberam das mãos de seus familiares, além da faixa preta, os certificados de reconhecimento da conquista aprovada pela Associação Evolução Karatê, Federação Paranaense de Karatê – FPRK, Confederação Brasileira de Karatê – CBK e pela IKGA Brasil, entidade do estilo Goju Ryu.

Com essa graduação, os alunos comprovam que já tem os conhecimentos e domínios da modalidade e chegam à última cor de faixa na graduação do karatê. A partir de agora, eles poderão evoluir dentro da faixa preta, podendo chegar até o 10º Dan ao longo da vida.

O Sensei Zilmar Tramontin, que treina os alunos do município e conta com o apoio do Sensei Diego Pasini, lembrou que na cidade apenas outros 10 alunos, aproximadamente, chegaram à faixa preta e exaltou a conquista desses graduados que iniciaram as aulas ainda crianças. ‘A possibilidade de conquistar essa faixa é bem remota. De 500 que iniciam na modalidade, dificilmente 5 chegam a faixa preta e isso é por diversos motivos, como por exemplo, desistência ou as muitas exigências das federações. Por isso essa conquista deve ser exaltada’, destacou.

Segundo Tramontin, os caratecas foram avaliados por uma banca formada pelas federações, que concedeu essa importante graduação que constata a preparação de cada um deles. ‘Espero que eu possa contar com a ajuda deles agora para me auxiliar nas aulas e para ajudar a expandir o karatê ainda mais’, relatou.

Isabel da Silva Cardoso, que pratica karatê há 08 anos, se disse muito emocionada com o momento, que é fruto de muito trabalho desde pequena e afirmou querer continuar na modalidade.  ‘Pretendo continuar, me tornar professora, se possível, e continuar no karatê sempre. É uma arte muito maravilhosa que traz muitas oportunidades, amizades, viagens, companheiros, disciplina, respeito, enfim, é tudo, muito bom!’ exaltou.

Na modalidade há 10 anos, Gustavo Henrique Magagnim Silva, relatou querer continuar a disputar competições e trabalhar na expansão do karatê. ‘Uma conquista que vai ficar para a vida inteira e, seu eu tiver filhos, com certeza vou contar para eles que cheguei à faixa preta do karatê’, destacou.

‘Parabenizamos os atletas e professores por essa conquista. O karatê, assim como todas as modalidades, tem todo o nosso apoio e pode contar com o Governo Municipal para alcançar cada vez mais resultados positivos’, garantiu o secretário de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, Sandro Alexandre.

Comentários