M

Memórias

MEMÓRIAS

Memórias do Jornal Mensageiro

Seguindo a publicação de reportagens históricas do Jornal Mensageiro, nesta semana destacamos uma matéria especial sobre o aniversário de um ano de emancipação político-administrativa de Missal (publicada em 14 de fevereiro de 1984). Momento propício para relembrar essa notícia, já que  neste  1º de fevereiro o município comemorou 38 anos.

Data de publicação original: 14/02/1984

Número da edição original: 426

PUBLICIDADE

Fac-símile da reportagem de 14 de fevereiro de 1984

Missal Respira Progresso no seu primeiro aniversário

Missal é sem duvida um dos municípios do oeste do Paraná que desafia os tempos, ergue a fronte, trabalha, realiza porque tem um povo que traz na alma a vontade de vencer. Em sua maioria teuto-brasileira trouxeram consigo a tradição alemã, seus valores históricos e culturais que são passados de geração a geração. Estes valores, a força de vencer é que faz essa terra crescer, produzir e também exigir benefícios como é a estrada que liga esse município a malha asfáltica (BR 277). E não estão pedindo favores, não. Eles merecem pelo que têm demonstrando desde a sua fundação. Esta seria para a maioria e também para os Poderes Executivo e Legislativo a redenção de Missal, se tornaria democrática economicamente, podendo abrigar gente de outras plagas que poderiam somar esforços para que Missal atinja o primeiro lugar que sempre sonhou. Este é um dos únicos municípios do Paraná que não é ligado por via asfáltica, comprometendo seu desenvolvimento. Agora que já se passa um ano de independência, o povo aguarda ansioso para que esse sonho se concretize. Promessas de construí-la existem, o projeto esta pronto, agora é só aguardar. Mas não é sobre isso que precisamente queríamos falar e sim sobre as comemorações do 1º aniversario que surpreendeu o próprio povo visitante. Foi uma festa digna e observava-se a satisfação no semblante dos missalenses, pois aguardaram tanto tempo para se tornarem independentes, para unidos mostrar suas forças.

Comemoração

As comemorações se desenrolaram dia 2 de fevereiro, data em que Missal completava 1 ano de independência, tudo começou com Alvorada Festiva, onde os sinos de todo o município repicaram em unissomo saudando a data, ajudados pelo som da farra, seguindo-se de celebração de Santa Missa e após a solenidade cívica, momentos em que a oratória exaltando a comemoração foi feita pelo prefeito Luciano Kreutz e diversas autoridades, dando um voto de credito ao novo município que em todas as potencialidades de se tornar expressivo. Dando uma amostra da pujança, aconteceu um desfile que abrilhantou a festa, pois num misto de carros alegóricos, maquinário agrícola, evoluções, as cores e emoções se confundiam e alegria estava estampada no rosto de todos ao lado disto, no decorrer do dia, varias competições esportivas foram realizadas, como corrida rustica, gincana de obstáculos, torneio de bocha e bolão, congregando o maior numero de missalenses

 Um ano de administração

A administração que é formada por uma eficiente equipe liderada pelo prefeito Luciano, conseguiu realizar ate muito, neste primeiro ano de administração e com recursos advindos do próprio município. Eis:

– todos os esforços voltados para dotar a prefeitura de infraestrutura básica, estando hoje de forma administrativa perfeitamente organizada, pela EMOPAR a melhor que se estruturou. Para que o leitor tenha uma ideia de aquisição de municipalidade aqui o registro em moveis; utensílios e equipamentos Cr$ 5.150.102,40; veículos Cr$ 9.610.554,00; caminhões e equipamentos rodoviários Cr$ 51.262.000,00; dois lotes Cr$ 800.000,00; ferramentas Cr$ 111.215,00; outros materiais permanentes Cr$ 1.087.477,50, totalizando, portanto Cr$ 67.921.348,90. Em reformas e construção de bueiros e pontes foram gastos Cr$ 8.743.770,00. Há de se considerar também que no ano que passou teve uma receita de Cr$ 217.139.333,35 e uma despesa de Cr$ 214.259.636,16, tendo um superávit de Cr$ 2.879.697,19.

Prioridade

Sem duvida a prioridade do município é a ligação asfáltica de Missal a Medianeira e a luta não vai cessar até que esta obra não se concretize. O projeto está pronto, aguardando-se definição. Outra estrada que esta em projeto e será construída pela Itaipu Binacional é a que liga São Miguel do Iguaçu – Missal (Vista Alegre), estando também projetado de Vista Alegre – Santa Helena, inclusive já definido recursos na ordem de 1 bilhão e 20 milhões de cruzeiros pelo programa PRODOPAR. A administração Publica e lideranças estão tentando sensibilizar as autoridades para que os recursos do PRODOPAR sejam canalizados para a construção da rodovia Medianeira – Missal, por ser está mais prioritário, pois Missal ainda depende de Medianeira, como Comarca, Banco do Brasil, Receita Federal, Cooperativas.

Destaque

De tudo que a municipalidade fez é considerado pela própria população a iluminação publica da sede, estando hoje completa, tendo sido gasto 8 milhões de cruzeiros. Recursos estes do município. A luta na recuperação de estradas foi uma constante devido as frequentes chuvas. No que concerne a pontes, está fazendo todas com a cabeceira de concreto e assim que as condições forem favoráveis, o restante também será de concreto. No tocante a educação está sendo enviados todos os esforços, tanto é que os professores são mais bem pagos do oeste. Só para se ter uma ideia, o professor que ganha menos é de Cr$ 66.000,00 com apenas 4 horas de trabalho, tendo o nível primário.

Segundo nos informou o secretario Darcilo Muller a previsão orçamentaria para este ano é de 500 milhões de cruzeiros, prevendo-se só em ICM 141 milhões, mas que permitiria que se continue de forma gradativa atender o município em suas necessidades.

Turismo

Um setor que Missal pretende ativar é o turismo porque as aguas do Lago de Itaipu banham suas terras e isto já é viável, pois a Binacional já doou à prefeitura uma área remanescente de 5 alqueires onde será implantado um projeto Turístico e de Lazer (congregando canchas poliesportivas, Camping obedecendo as normas da Embratur, Parque Infantil).

Fac-símile da reportagem de 14 de fevereiro de 1984
Fac-símile da reportagem de 14 de fevereiro de 1984
Missal, Sentinela de Itaipu
Prefeito Luciano, recepcionou as autoridades no Palanque Oficial
Expressivo público presente
O desfile mostrou a potencialidade de Missal

Comentários