M

Memórias

MEMÓRIAS

Memórias do Jornal Mensageiro

Em mais uma reportagem histórica publicada no Jornal Mensageiro, destacamos várias obras importantes para o município, como a construção do antigo CEFET (hoje UTFPR), o CPC  Arandurá e o trevo na confluência da Av. Pedro Soccol e Rua Bahia (20 de novembro de 1987).

Data de publicação original: 20/11/1987

Número da edição original: 530

PUBLICIDADE

Fac-símile da reportagem de 20 de novembro de 1987

Mais um trevo para Medianeira

Dentre tantas obras que estão em execução e em planos um destaque para mais um trevo de acesso à BR, o qual será construído nas confluências da Av. Pedro Soccol e Rua Bahia. Obra esta há anos aguardada, em especial pelo Frigorífico Medianeira, hoje sob o comando da Sudcoop. Como nos afirmava o secretario de viação e obras do município, Antonio Luiz Baú será um trevo simples tendo em vista que já para o ano será implantado o Anel Viário, que definira o trafego em todas as entradas e saídas da cidade. Os trabalhos de topografia e limpeza já foram iniciados, e dentro em breve as obras do trevo propiciando segurança aos motoristas e pedestres.

Completando o asfaltamento nas imediações do Trevo e mais quadras da 24 de Outubro que margeiam a BR, até a Auto Elétrica São Cristóvão e Hotel Capri. Na área urbana, a previsão para ainda este ano é asfaltar a Rua Sergipe (da Riachuelo até a Av. Veranópolis), Rua Piauí (da Riachuelo até o Trevo do Bairro Nazaré).

Anel viário

O anel viário é a solução para o disciplinamento do trafego, afirmou Baú. Serão 14 km que interligara as rodovias e circundara o perímetro urbano, sendo que na confluência de cada rodovia vai ter um trevo.

O projeto esta em fase final de estudos e será executado pela secretaria de obras viação e transportes e DER, com inicio previsto para os próximos meses do ano próximo. Os benefícios serão inúmeros, vai desafogar o transito urbano que com a previsão da aberturada Estrada do colono vai aumentar em muito. É o que se tem de mais moderno em disciplina de transito, possibilitando também que delimite o crescimento urbano, tornando uma cidade mais compacta, mais organizada e mais moderna. Acrescentou Baú, temos que nos antecipar, pois o traçado da ferrovia da produção prevê também um ramal até foz, passando por Medianeira. O anel, sem duvida é a solução, arrojada de disciplinamento de tráfego.

Destaques

Dentre as obras que estamos construindo ou idealizadas, podemos destacar o CEFET, esgoto, fórum, CPC e biblioteca publica, usina de beneficiamento de lixo, prédio da prefeitura municipal, sem desmerecer as demais.

Um outro destaque pode ser dado ao trabalho feito na Av. Brasília, via cotrefal em conjunto com os moradores, cabendo à prefeitura o alargamento da ponte e aos moradores o calcamento, que além de dar um bonito visual propicia segurança ao pedestres.

A equipe de viação e obras da prefeitura que tem como secretario Antonio Luiz Baú, é formada por três engenheiros, Valter Bogoni, Jolar Foletto e José Alves mais duas Arquitetas Lena Bortolozzo e Orosita Figueira, sem duvida esta mobilizada em obras.

Secretário de Obras, Viação e Transportes, Antonio Luiz Baú
Centro Federal de Educação Tecnológica, em construção do Parque Independência
Obra do CPC, em andamento

Comentários