N

Nosso Povo

COLUNA

Currículo invejável do novo comandante do Tiro de Guerra

PUBLICIDADE

O Subtenente Jovane Thomaz Trindade é o novo Chefe de Instrução do Tiro de Guerra 05-018 de Medianeira. “Chefiar o TG é um desafio enorme, além de ser o único representante de carreira do Exército na cidade, precisamos trabalhar com os jovens no desenvolvimento de conteúdos atitudinais que complementem a formação moral e ética recebida em casa. É também um trabalho focado na construção do cidadão patriota, com disciplina consciente, responsável e integrado à sua comunidade, ou seja, é a formação de futuras lideranças para cidade”, destaca.

 Gaúcho da cidade de Roque Gonzales, nasceu em 19 de setembro de 1979, filho de Mario da Silva Trindade e Leonoar Thomaz Trindade. Casado com a senhora Talita e pai da Anita. Obteve graduação a Subtenente em dezembro de 2022, mês em que também recebeu a transmissão de cargo para assumir o TG local, onde ele projeta ficar por três anos. Fala três idiomas: Inglês, Espanhol e Italiano, e possui um currículo invejável em sua trajetória.

Incorporou na Escola de Sargentos das Armas em 7 de fevereiro de 2000, sendo promovido a 3º Sargento de Infantaria em 24 de novembro daquele mesmo ano. Além dos cursos de Formação, de Aperfeiçoamento e de Habilitação ao Quadro Auxiliar de Oficiais, possui os seguintes estágios e cursos militares: Básico de Operações Especiais, realizado no Grupamento Especial da Polícia da Aeronáutica; Operações Aeromóveis para Sargentos, realizado no Centro de Instrução de Aviação do Exército (CIAvEx); Caçador Militar, Realizado na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN); Sniper Policial, Realizado no Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Rio Grande do Sul; Instrutor/Monitor de Caçadores Realizado no Centro de Instrução de Operações Especiais (CIOpEsp); Manipulação de Explosivos Convencionais e Improvisados Realizado no Centro de Instrução de Operações Especiais (CIOpEsp); Operações na Selva, Realizado no Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS); Curso Espedito de Operações Ribeirinhas, Realizado no 1° Batalhão de Operações Ribeirinhas da Marinha do Brasil; Aperfeiçoamento de Sargentos de Infantaria do Exército Argentino; Tecnólogo em Gestão Pública pela Escola de Instrução Especializada do Exército (EsIE).

Durante sua vida militar, serviu no 19° Batalhão de Infantaria Motorizado em São Leopoldo-RS; no 8º Batalhão de Infantaria de Selva, Tabatinga-AM; no Centro de Instrução de Guerra na Selva, Manaus–AM; na Escola de Aperfeiçoamento de Sargentos das Armas, Cruz Alta-RS; e no Colégio Militar de Santa Maria-RS.

Como Segundo Sargento, foi Monitor do Centro de Instrução de Guerra na Selva em Manaus–AM e como primeiro Sargento foi Monitor da Escola de Aperfeiçoamento de Sargentos das Armas, em Cruz Alta-RS.

No exterior, participou da Operação Tamarugal – Cabanhas 2002, no Chile. Da Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti em 2004. Integrou a comissão de estudo de implantação da doutrina de emprego Snipers em ambiente de selva, realizado na “Jungle and Amphibious Training School (JATS)” na República da Guiana em 2012. Foi convidado para ser instrutor da “Escuela de Lanceros” do Exército da Colômbia nos anos de 2015 e 2016.

Dentre as condecorações nacionais e estrangeiras que já recebeu, destaca-se a Medalha Militar de Prata; Medalha Corpo de Tropa Bronze; Medalha do Serviço Amazônico com passador de Prata;  Medalha Marechal Trompowsky com passador de Prata; Medalha Osório “O Legendário”, Medalha Sargento Max Wolf Filho; Medalha das Nações Unidas – 1ª Minustah; Medalla Militar “Servicios Distinguidos a las Fuerzas Militares de Colombia” e distintivo de Instructor Lancero del Exército de Colômbia.

 

Nosso Povo

Por: Douglas Florêncio

Técnico em design gráfico e fotografia pelo Sesc/PR. Colunista esportivo, há mais de 10 anos trabalhando em jornal e outras mídias.

Comentários