N

Nosso Povo

Representatividade na política

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves
“Vereador não faz, fiscaliza o trabalho da administração e aprova as leis necessárias para o andamento desse trabalho”, destaca Sandra

Na terça-feira (01), foi comemorado o Dia do vereador. E para simbolizar a data, na coluna Nosso Povo desta semana contamos a história da ex-vereadora Sandra Márcia Menegol. Ela nasceu em 1976, em Medianeira, filha de Marineuza de Fátima Alievi Toso e Lucídio Francisco Menegol. Tem duas irmãs: Rosangela e Elizandra Menegol. “Maior parte da minha infância foi no sítio, meu pai e minha mãe eram agricultores. Aos 11 anos fomos morar na cidade de Realeza-PR em virtude do trabalho do meu pai, nesse período minha mãe e minha irmã mais velha também começaram a trabalhar fora de casa, assim a responsabilidade pela casa e por cuidar de minha irmã passou a ser minha” relata.

Aos 12 anos Sandra começou a trabalhar fora de casa como babá. Aos 13 anos entrou como estagiária em um projeto do Governo do Estado do Paraná, chamado Segundo Tempo, onde eram desenvolvidas atividades de contra turno para crianças de 1ª a 4ª série do ensino fundamental. “Ali nesse projeto decidi que queria ser professora. Em 1990 voltamos para Medianeira e concluí meus estudos no Magistério em 1994, no Colégio Presidente Kennedy em Flor da Serra. Prestei concurso e em 1995 assumi 40h como professora na Escola Municipal Fernando Pessoa, em Medianeira. Em 1998 me elegi Diretora da Escola pelo período de dois anos, sendo reeleita. Nessa época em virtude das eleições para Direção de escola, desenvolvemos uma liderança que mais tarde se concretizou, buscando defender a melhoria das condições de trabalho dos professores bem como da melhoria da educação básica atendida pelo município”, descreve.

E foi essa experiência que a municiou para se candidatar a vereadora em 2004, sendo eleita com 608 votos. “Acabei sendo eleita Presidente da Câmara já no início do mandato, nosso compromisso era dar mais condições de trabalho para os vereadores e nessa época criamos os gabinetes individuais, que até então não existiam. Iniciamos um processo de modernização da Câmara, que foi levado adiante pelos colegas que me sucederam”, salienta Sandra.

Sandra destaca que os anos como vereadora foram de muito aprendizado, pois ela pode perceber que o trabalho do vereador é pouco valorizado, tanto pela população como pela administração. “Poucos conhecem qual é o papel fundamental do vereador, que é de fiscalizar as ações do executivo, bem como levar as demandas da população para que o executivo resolva. O vereador é o fiscal da Lei, ele precisa conhecer a Lei Orgânica Municipal, e as demais Leis para que possa aprovar e fiscalizar a sua aplicação. O vereador é o guardião do recurso público, tem a obrigação de fiscalizar a aplicação correta e eficiente dos recursos públicos, além de buscar junto a deputados estaduais e federais de sua rede de apoio, recursos para o Município através de emendas parlamentares”.

Hoje a ex-vereadora atua no ramo Imobiliário, é proprietária da Suprema Imobiliária juntamente com a sócia Vanessa. “Nós desejamos que a cidade cresça e se destaque cada dia mais, por isso nossa empresa é associada da ACIME, e participamos de núcleos setoriais que proporcionam troca de experiências e aperfeiçoamento profissional, bem como de atividades voltadas para o fomento e desenvolvimento do nosso setor. Vejo Medianeira como uma cidade de oportunidades, que se destaca na região e se desenvolve cada dia mais. Nosso compromisso agora como empresária é de continuar acreditando e investindo na nossa cidade, mas também acompanhar o trabalho dos nossos políticos locais. Porque não basta criticar, é necessário participar, propor sugestões para melhorar, apontar o dedo é fácil, mas estender a mão para dizer: ‘estou aqui em que posso ajudar?’ Esse é o verdadeiro desafio”, finaliza.

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

LEIA NOSSAS COLUNAS

Nosso Povo

Por: Ana Cláudia Valério

Mestre em Educação, Especialista em Docência no Ensino Superior e graduada em Comunicação Social – Jornalismo. Tem experiência em Jornalismo nas áreas de Televisão, Assessoria de Comunicação e Jornal Impresso, tendo trabalhado em veículos de comunicação, instituições de ensino superior e campanhas políticas. Hoje é editora do Jornal Mensageiro.

Comentários