Policial

Operação Escudo

Receita Federal e BPFron apreendem mais de R$ 100 mil em mercadorias em São Miguel do Iguaçu

Dois homens foram presos por descaminho

A Receita Federal e o BPFron realizaram, ontem 29/04, no âmbito da Operação Escudo, uma ação de repressão ao contrabando e descaminho em São Miguel do Iguaçu – PR.

Por volta das 23h, os servidores abordaram um veículo Cruze, na PR-497, na Vila Ipiranga. No porta-malas do veículo foram encontrados cerca de 85 celulares, avaliados em R$ 110 mil, acondicionados em duas bolsas.

O condutor, natural de Brasília, e o passageiro, de Santa Terezinha de Itaipu, foram presos em flagrante por descaminho. Vale ressaltar que o motorista já teve mercadorias apreendidas em 2017, 2019 e 2020.

O veículo e os celulares foram apreendidos e encaminhados à Receita Federal em Foz do Iguaçu para as providências cabíveis.

Apreensão anterior

No mesmo dia, por volta das 18h, a mesma equipe abordou um veículo carregado com mercadorias importadas de forma irregular, em especial, peças de informática. A condutora e as passageiras alegaram que não eram proprietárias das mercadorias e que foram contratadas para fazer o frete até Céu Azul.

As mercadorias, avaliadas em R$ 50 mil, e o veículo foram apreendidos e levados até a Receita Federal em Foz do Iguaçu. As ocupantes foram qualificadas e liberadas, porém será enviada uma Representação Fiscal ao Ministério Público para apuração dos ilícitos.

A Receita Federal disponibiliza telefones de contato para denúncias, de forma anônima, por meio dos números (45) 9 9152-2036 e (45) 9 9134-0100.

Essa iniciativa está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalizações atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros.

Comentários