Política

MEDIANEIRA

Aprovado na Câmara projeto que dispõe sobre doação de terreno à Semear

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

A Câmara Municipal de Medianeira aprovou por unanimidade, na tarde dessa segunda-feira (6), em segundo turno, o projeto de lei de iniciativa do Poder Executivo Municipal que autoriza a doação em definitivo do terreno público onde hoje está estruturada a sede da Associação Filantrópica Semear. Desse modo, a entidade passa a dispor em definitivo o espaço de 3.224,90m², localizado no loteamento Jardim Vitória.

Desde 2000 atuando em projetos para o cuidado infantil, a Associação atende na atualidade mais de mil jovens e crianças todo mês. Anteriormente, o terreno estava sob contrato de concessão de uso de bem público, passando agora a compor o patrimônio da Semear. Além deste projeto, a Câmara aprovou também por unanimidade, durante sua 11ª Sessão Ordinária de 2019, em único turno, cinco requerimentos de autoria dos vereadores, bem como despachou através da Mesa cinco novas indicações de melhorias, que serão encaminhadas aos órgãos competentes da Administração Municipal.

Requerimento de Tarcísio Becker – O vereador requer informações, se atualmente há no setor de planejamento da Prefeitura, estudos visando a instalação de um bebedouro junto a Mini Arena Esportiva do Poliesportivo Teotônio Vilela. Segundo Tarcísio, apesar do local ser frequentado diariamente por muitas pessoas e possuir diversas opções disponíveis para a realização de atividades físicas e lazer, não há neste espaço um bebedouro ou torneira com água potável à disposição da população. A matéria foi subscrita durante a sessão pelo vereador Antonio França.

Requerimento de Tarcísio Becker – O vereador busca a viabilização de R$ 500 mil através do deputado federal Felipe Francischini, para que sejam realizadas novas obras de recape asfáltico nas vias do perímetro urbano do município. A pavimentação asfáltica, destaca o autor da matéria, sofre degradação constante devido as ações do tempo, clima e o trânsito diário de veículos. “Apesar do Poder Executivo estar realizando grandes investimentos no setor, ainda há muitos trechos necessitando de melhorias. Sendo que quanto mais houver pavimentação no município, maior será a fluidez e a segurança no tráfego de veículos e pedestres”, justifica.

Requerimento de Antonio França – O vereador solicita ao prefeito Ricardo Endrigo, que sejam encaminhadas cópias de todos os contratos firmados entre a Sanepar e o município, para a prestação dos serviços de fornecimento de água potável, e coleta e tratamento de esgoto. O autor menciona que após serem divulgadas matérias na mídia dando conhecimento sobre a possibilidade de haver contaminantes na água consumida pelos paranaenses, muitos munícipes estão questionando sobre os serviços prestados pela Sanepar no município. “Para que possamos repassar informações corretas à população, solicitamos que nos sejam encaminhadas cópias dos contratos, acompanhados de seus aditivos se houverem, firmados com a Sanepar para o fornecimento de água potável, e para a coleta e tratamento de esgoto no município”, justifica.

Requerimento de Antonio França – O vereador requer informações ao prefeito Ricardo Endrigo e ao secretário de Agricultura, Dilvo Bernardon, se há projeto para 2019, visando possibilitar a pavimentação de aproximadamente três quilômetros de estradas rurais, compreendendo o trecho entre o perímetro urbano de Medianeira e a Comunidade da Linha Graça Aranha. França destaca que a referida estrada é utilizada pelos moradores da Linha Graça Aranha e da Vila Rural, sendo também via de acesso ao Aterro Municipal, e várias outras entidades públicas e privadas do município, além de ser rota importante para o escoamento da produção agrícola local.

Requerimento de Valdecir Fernandes – O vereador solicita informações à Prefeitura, se há no setor de planejamento para 2019, projeto visando a realização de melhorias e pavimentação da Rua Sebastião Bonatto, entre as ruas Sergipe e Santa Catarina, no bairro Ipê. Segundo ele, os moradores desse local estão relatando que a falta de pavimento tem gerado vários transtornos, principalmente nos dias chuvosos, quando a terra deste trecho é carregada pela água das chuvas até o pavimento da Av. João XXIII, que é a principal via de acesso à UBS do bairro, tornando o tráfego de veículos e pedestres inseguro e desconfortável, além de contribuir para o entupimento das galerias pluviais.

As indicações estão disponíveis para o acesso na íntegra, clique aqui:

https://www.camaramedianeira.pr.gov.br/downloads/pauta_da_11a_sessao_plenaria_deliberativa_ordinaria_dia_06-05-2019.pdf

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

LEIA POR EDITORIA

Comentários