C

Comentando

Ano de boas e más recordações

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

Ufa! Que ano!

Estamos terminando um ano que trouxe alegrias para muitos e preocupações para outros tantos. As alegrias vieram nas conquistas, nas vitórias, nas metas alcançadas. As preocupações estão concentradas em como vamos resolver o problema da falta de ética, de transparência, de honestidade em quase todos os setores do esporte brasileiro.

Mas, nas alegrias, estão a boa campanha da seleção brasileira sob o comando de Tite. Além de alcançar vaga para a Copa, o torcedor voltou a sonhar com mais uma conquista mundial. A seleção voltou a ser valorizada e considerada uma favorita seja lá qual for a competição que disputa. Auto estima recuperada. Esse é um ponto positivo.

Outras boas coisas aconteceram e vieram do Corinthians, Grêmio, Cruzeiro, América-MG…. sem contar aqueles que, se não alcançaram títulos, ao menos recuperaram posições perdidas num passado recente.

Felipe Massa se despede oficialmente, agora sim, da Fórmula 1. Não conseguiu ser campeão mundial, nem mesmo pilotando uma Ferrari, mas sai como o cara de bom coração, um verdadeiro “parça”, admirado por todos e um exemplo a ser seguido. Uma nova geração vem surgindo. Quem sabe, até 2020 tenhamos outros nome brasileiro no grid de largada.

No entanto, também temos problemas a resolver. Um dos grandes, está voltado à CBF. Dirigentes presos, dirigentes enrolados com a justiça e outros sob risco de irem para a cadeia.

Precisamos saber como vai terminar tudo isso. Onde estão os desvios, as maracutaias, o lado escuro das decisões tomadas entre quatro paredes e que beneficiaram pessoas e não os clubes. E mais do que isso. Se houve, comprovadamente, desvios de dinheiro, que se cobre a devolução do mesmo e se puna os responsáveis com os rigores da lei.

E por fim, tenham todos bom e Santo Natal e que 2018 seja um ano de grandes conquistas.

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

LEIA NOSSAS COLUNAS

Comentando

Por: João Hermes

Radialista e cronista esportivo do Jornal Mensageiro desde 1985.

Comentários