C

Comentando

Falta de tudo para clubes pequenos no Brasil

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

O drama de algumas equipes nesse início de competições nacionais chega a alcançar verdadeira situação de catástrofe. Em pior situação está o momento do Criciúma. Cinco jogos, cinco derrotas. A última derrota, na terça-feira, fez a diretoria anunciar que o técnico Argel Fucks está mantido no cargo. Mas, quando começa com esse papo, a coisa já era. Então vamos novamente tentar aqui encontrar os tais porquês disso acontecer. Será que a culpa é de fato do treinador, sempre o primeiro a cair? Se pensarmos um pouco sobre a situação dessas equipes, niveladas pelo Criciúma, todas vivem uma situação delicada em suas finanças, não tem como contratar mais jogadores para melhorar seu nível técnico, falta dinheiro de patrocínio, falta dinheiro de cotas de TV e falta, principalmente, o apoio de sua torcida.

E um clube quando está nessa maré, a situação é delicada. Muito delicada. Cito o Criciúma apenas para pegar o gancho da situação econômica dos clubes brasileiros. Não é um mar de rosas. Todos estão com uma ou outra dificuldade. E não são somente os chamados pequenos. A situação dos clubes grandes também é calamitosa.

Autoridade Pública de Governança do Futebol iniciou uma fiscalização de balanços de clubes de futebol do Brasil e se prepara para, em seguida, iniciar procedimentos administrativos contra aqueles que descumprirem a Lei do ProFut. Os procedimentos administrativos podem levar eventualmente a exclusão dos clubes do programa ProFut, que refinancia os débitos dos times. Isso significaria que suas dívidas integrais com o governo seriam cobradas de uma vez, sem os descontos que foram dados em multas pelo governo federal.

Não tem como continuar nessa situação. O Governo criou o ProFut, uma Lei que é uma espécie de refinanciamento das dívidas, mas isso não está sendo cumprido. Então a fiscalização vai bater na porta dos clubes. Assim como na Europa, o Brasil também se prepara para fiscalizar o futebol e sua caixa preta.

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

LEIA NOSSAS COLUNAS

Comentando

Por: João Hermes

Radialista e cronista esportivo do Jornal Mensageiro desde 1985.

Comentários