A

Arquitetando

O que saber para definir a pedra da sua cozinha

Existem dois tipos de pedras: as naturais e as sintéticas (fabricadas a partir de uma combinação entre pedras naturais e aditivos sintéticos). A diferença entre elas, à primeira vista, é estética, pois as naturais possuem veios e manchas, enquanto as artificiais são produzidas em cores vibrantes e homogêneas, além disso, existem outras características que as diferem.

Granito – Quando se fala em pedra para cozinha, logo pensamos no granito por ser a opção mais utilizada. Ele é formado por três minerais, o quartzo, feldspato e a mica. É um material natural, e por isso cada peça é única.

A vantagem de investir no granito é o seu baixo custo e a variedade de cores. A desvantagem do granito é que ele absorve líquidos e em peças claras pode ocasionar manchas, então é preciso ter um cuidado dobrado com alimentos como café, vinhos e molhos.

Mármore – O mármore também é uma pedra natural, porém mais nobre. A diferença entre as peças é que o mármore possui veios de diferentes tonalidades, o que deixa o projeto muito mais chique e sofisticado. No entanto, é uma pedra que risca com facilidade e também pode manchar em contato com líquidos escuros – além de ser muito mais cara.
É uma pedra metamórfica, ou seja, é formada pela transformação química e física do cálcio a altas pressões e temperaturas, formando assim o mármore.

Silestone – A pedra sintética mais procurada é o Silestone, também conhecida como mármore composto, por conta de sua composição de quartzo com resina de poliéster.
A vantagem de investir no silestone é a resistência a riscos e manchas. Até as pedras mais claras, como a branca e a bege, não mancham em contato com líquidos escuros. Além disso, a variedade de cores é imensa.

Contudo, é preciso ter um pouco mais de cuidado com objetos quentes, como panelas e assadeiras, pois o calor pode danificar a resina da pedra.

Nanoglass – Composto por resina e pó de vidro, essa pedra sintética tem aparência homogênea de brilho intenso. Assim como o silestone, ela é resistente a manchas, mas não aguenta altas temperaturas.

Além desses ainda existe o Corian e Dekton, que são superfícies sintéticas ultracompactas que são muito resistentes que podem ser moldadas, permitindo formas curvas. Entretanto o valor é mais elevado.

 

Projeto: Ana Rossetto e Jaqueline Mafini

Arquitetando

Por: Jaqueline Mafini

Formada em Arquitetura e Urbanismo desde 2014. Atua principalmente com design de interiores, projetos arquitetônicos e de vigilância sanitária.

Comentários