C

Café Analítico

Não se desculpe, mude!

Ao longo da vida vamos criando um círculo ao nosso redor, uma área chamada zona de conforto. Para além deste círculo, tudo é incerto e perigoso. Mas, para ser saudável, é preciso estar aberto às mudanças, tanto as planejadas, quanto àquelas que chegam sem avisar, que nos tiram do prumo.

Mudamos de emprego, de casa, de cidade. Isto até é relativamente tranquilo. Mas, a grande mudança é aquela que acontece dentro de nós. Mudar situações materiais pode ser desconfortável, até o momento de nos adequarmos, porém, aceitar mudanças que vem de dentro de nós requer uma dose extra de coragem… e o mundo precisa de mais pessoas corajosas.

Para que haja uma transformação em nossas vidas, é necessária a mudança de pensamento, de emoções, de expectativas e de saberes.

E estas mudanças podem ser em relação à pequenas atitudes. Emagrecer, por exemplo. Não adianta eu ficar horas na academia, ler todos os artigos relacionados ao assunto, tomar remédio, sem que haja uma mudança de postura interna. Abandonar os pensamentos antigos relacionados à alimentação e trocá-los por outros mais saudáveis, que tragam prazer em ter uma nova postura diante do corpo, diante do estilo de vida. Aquela velha história da pessoa que fez a cirurgia bariátrica e voltou a engordar, porque a cirurgia mudou seu estômago, mas não mudou seu modo de pensar.

Temos que mudar de postura, pensar diferente para que as mudanças realmente aconteçam. De palavras o mundo está cheio, o que precisamos é de mais ação.

Queremos um relacionamento tranquilo, mas continuamos ciumentos e possessivos. Queremos passar num concurso, mas não estudamos para isso. Queremos amigos verdadeiros, mas continuamos a falar mal dos outros.

E não adianta esperarmos por um novo herói. A mudança está em cada um de nós. O mundo muda quando nós mudamos.

“Quando a dor de não estar vivendo for maior que o medo da mudança, a pessoa muda.” Sigmund Freud

Café Analítico

Por: Camyle Hart

Graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Estadual de Ponta Grossa em 1999, atuando por 15 anos na área, em diversos veículos de comunicação do Paraná. Pós-graduada em Comunicação e Mercado na Era Digital.
Formada em Psicologia pela Faculdade Anglo Americano – Foz do Iguaçu, especializando-se em psicologia Junguiana. Atualmente, mantém uma coluna sobre saúde mental nos jornais Nossa Folha e O Mensageiro, ambos de Medianeira. Mantém um blog sobre temas da psicologia e atua como psicoterapeura, no contexto ‘home care’(domiciliar) e online.

Comentários