Cidades

PARANÁ

Estudantes de Turismo serão selecionados para atuar na temporada

Inscrições seguem até 9 de dezembro. São 63 vagas para atuar no atendimento aos turistas nas praias do Litoral, na Ilha do Mel e em parques estaduais. Os selecionados vão organizar e desenvolver atividades de lazer, entretenimento e de educação ambiental junto ao público.

A Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo publicou nesta quinta-feira (19) edital para o credenciamento de 63 estudantes de Bacharelado em Turismo ou Hotelaria para atuarem durante a temporada. Caberá a eles organizar e desenvolver atividades para os turistas nas praias do Litoral e nos parques estaduais.

O objetivo das ações é levar saúde e entretenimento aos moradores e veranistas, além de fomentar o turismo e o desenvolvimento econômico da região. “A iniciativa contribui para o aumento do efetivo nos pontos turísticos do nosso Estado, melhorando o atendimento aos turistas e moradores, e também contribui para a formação desses estudantes, com a prática do que vivenciam nas universidades”, afirmou diretora-geral da secretaria, Fabiana Campos.

No ato da inscrição, os estudantes podem optar por atuar nas praias do Litoral no período de 4 a 31 de janeiro de 2021; na Ilha do Mel, de 18 de dezembro a 07 de fevereiro; ou nos parques estaduais Pico Marumbi, do Cerrado, do Guartelá, Vila Rica do Espírito Santo, Serra Baitaca, Rio das Onças, do Palmito, do Monge, Lago Azul, São Camilo, e Monumento Natural Salto São João, entre os dias 21 de dezembro a 01 de março.

De acordo com a técnica da Paraná Turismo, Isabella Tioqueta, os selecionados passarão por uma capacitação dar melhor atendimento aos turistas. “Eles precisam saber qual é a função que devem exercer e também sobre o turismo no Paraná. A ideia é que, além de apresentar os atrativos locais, os colaboradores possam apresentar atrações turísticas de outras regiões, em uma abrangência das 14 regiões turísticas do Estado”, afirmou.

PARQUES ESTADUAIS – Neste ano, o trabalho com os turistas durante a temporada foi estendido aos parques estaduais. A decisão levou em conta uma pesquisa que levantou o direcionamento da retomada do turismo no Estado, em que verificou-se que tem ocorrido a procura por áreas naturais, em ambientes abertos e sem aglomeração.

“Hoje o turismo de natureza é o que mais cresce no País e o trabalho nessas Unidades de Conservação se torna um importante campo de aprendizagem e profissionalização dos participantes. Além disso, é uma oportunidade para que o Estado consiga dar auxílio e orientação sobre o uso público desses espaços durante o maior fluxo de visitantes”, afirmou o diretor de Patrimônio Natural do Instituto Água e Terra (IAT), Rafael Andreguetto.

Os estudantes também serão os responsáveis por adotar práticas de sustentabilidade na execução das atividades, inclusive orientando o público-alvo. O diretor de Políticas Ambientais da pasta, Rasca Rodrigues, lembra que a Ilha do Mel, um dos destinos mais procurados no verão, abriga uma estação ecológica de importante para o patrimônio do Estado e também uma área de parque estadual.

De acordo com ele, o reforço de profissionais durante a temporada na Ilha do Mel é fundamental para a preservação e a prevenção de crimes ambientais. “Eles vão orientar turistas sobre temas como a correta a destinação do lixo, som alto, a entrada de animais domésticos. Este é um local de preservação ambiental. O comportamento das pessoas deve seguir regras”, disse.

BENEFÍCIOS – Conforme o Edital de Credenciamento nº 01/2020, a secretaria estadual vai custear as despesas de alimentação dos participantes (café da manhã, almoço, lanche e jantar). A hospedagem (alojamento) é garantida em determinados locais, conforme consta edital. Os selecionados atenderão os turistas de terça-feira a domingo, das 8h às 12h e das 15h às 19h.

Para os monitores foi considerada a carga horária de oito horas diárias, sendo adotado o valor da hora disposto no Decreto n.º 5283/2020, de R$ 13,63, que resulta em um valor diário de R$ 109,04.

CREDENCIAMENTO – Os interessados devem se candidatar até 09 de dezembro, através do link disponível no edital disponível (acesse AQUI) ou presencialmente na sede da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, em Curitiba (Rua Desembargador Motta, 3384 – Bairro Mercês). O horário de atendimento é das 09h às 12h e das 13h às 17h.

Junto ao formulário de inscrição devem ser entregues as cópias digitalizadas, em PDF, dos documentos solicitados, conforme descrito no item 4.2.1 do edital nº 01/2020. Dúvidas devem ser enviadas à Comissão de Credenciamento, no e-mail [email protected]

O resultado dos selecionados será publicado no Diário Oficial do Estado e divulgados e nos sites http://www.sedest.pr.gov.br, http://www.iat.pr.gov.br,http:// www.paranaturismo.pr.gov.br, http://www.seti.pr.gov.br e http://www.administracao.pr.gov.br.

Confira as datas e locais que podem ser escolhidos pelos estudantes:

 De 04/01/2020 a 31/01/2020:                                                             

Pontal do Paraná – Três postos fixos                                        

Matinhos – Dois postos fixos

Guaratuba – Um posto fixo

Antonina, Morretes e Paranaguá – Dois postos móveis

De 18/12/2020 a 07/02/2021:

Ilha do Mel – Quatro postos fixos.

De 21/12/2020 e 01/03/2021 (com alojamento)

Parque Estadual Pico Marumbi

Parque Estadual do Cerrado

Parque Estadual do Guartelá

Parque Estadual Vila Rica do Espírito Santo

De 21/12/2020 a 01/03/2021 (sem alojamento)

Parque Estadual Serra Baitaca

Parque Estadual Rio das Onças

Parque Estadual do Palmito

Parque Estadual do Monge

Parque Estadual Lago Azul

Parque Estadual São Camilo

Monumento Natural Salto São João

Comentários