C

Comentando

Clubes começam a usar calculadora para fugir do rebaixamento

PUBLICIDADE

Estamos na 24ª rodada, falta muito ainda para terminar o campeonato. Ao total serão 38. Mas já percebemos que há dois catarinenses que provavelmente cairão para a série B. Avaí e Chapecoense estão numa situação de verdadeira penúria. Com a falta de investimentos e contratações de baixa qualidade técnica, os resultados estão muito abaixo do esperado.

O caminho mostra a desilusão com um ano que está chegando ao fim. Para a equipe de Chapecó, desde o fatídico acidente do avião que levava a equipe para a final da Copa Sulamericana, o caminho está cercado de incertezas. Resta esperança? Sim, no entanto, já se começa o trabalho de usar calculadora a cada rodada. O time não rende como em anos anteriores e isso preocupa o torcedor. Pelo lado do time da capital catarinense, o Avaí, a situação também é delicada. Com um ponto a mais que a Chapecoense, o time ocupa a vice-lanterna nesse momento e também faz contas para evitar o rebaixamento. A diferença até o primeiro fora da zona de rebaixamento não é grande. No entanto, é preciso vencer. Sem vitórias e ainda torcer contra os adversários diretos, é uma tarefa que está sendo complicada. E nesse mesmo grupo ainda se encontram o Cruzeiro e o CSA, em situação um pouco melhor. Na Série B, a situação pode estar um pouco melhor, mas também tem dois catarinenses no grupo da degola. Lá estão Figueirense e Criciúma. O time da capital é lanterna. A se confirmar o rebaixamento, terá sido um ano muito complicado para os quatro catarinenses. Uma situação que passa pela falta de planejamento e dinheiro, principalmente. Assim não há como investir. E a base não consegue fornecer bons jogadores para suprir a necessidade das equipes. E do jeito que as coisas vão, o negócio é apelar diretamente para a santa: Santa Catarina!

Comentando

Por: João Hermes

Radialista e cronista esportivo do Jornal Mensageiro desde 1985.

Comentários