Economia e Negócios

Coofamel

Exportação e bons preços representam cenário positivo para mercado do mel do Oeste

PUBLICIDADE

Alguns fatores representam um cenário positivo para a produção de mel em Santa Helena e região. O mercado externo está dentre os incrementos ao setor. De acordo com a Associação Brasileira dos Exportadores de Mel (Abemel), cerca de 60% da produção de mel brasileiro é exportada.

Conforme o presidente da Cooperativa Agrofamiliar Solidária (Coofamel), Antônio Schneider, a safra 2020/2021 foi muito positiva com recorde de produção. O Dólar alto, boa produtividade e exportações excelentes representam um cenário favorável para o setor, conforme o presidente.

Segundo Schneider, em torno de 70% do mel da região vendido pela Coofamel foi destinado à exportação, o que representa aproximadamente 200 toneladas. “O produto da região é considerado um dos melhores méis do Brasil, o que o faz ser aceito no mundo todo”, ressalta.

A boa qualidade, com baixa umidade, tonalidade atrativa e o sabor distinto são fatores importantes e que influenciam na aceitabilidade, segundo Schneider.

No aspecto econômico, o bom cenário internacional possibilitou a prática de bons preços ao produtor com valores que superaram R$13 reais o quilograma.

Comentários