Economia e Negócios

CAGED

Foz do Iguaçu é a terceira em geração de empregos no Paraná

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

Foz do Iguaçu volta a encerrar mais um mês do ano com saldo positivo na geração de empregos formais. A cidade já é a terceira no saldo positivo de postos de trabalho no acumulado dos últimos 12 meses. A capital Curitiba lidera, seguida de São José dos Pinhais. Os dados são da pesquisa mensal do Caged – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, do Ministério do Trabalho.

Em julho, foram abertas 2.361 vagas com carteira de trabalho assinada e ocorreram 2.104 demissões, resultando num saldo positivo de 257 empregos formais. Com esse desempenho, Foz chegou à quarta colocação entre as cidades que mais geraram postos de trabalho formais no Paraná. Curitiba (1.306), São José dos Pinhais (368) e Campo Mourão (279) foram os três primeiros, respectivamente, em julho.

O comércio foi responsável por boa parte dos empregos com carteira assinada criados no mês passado. O setor gerou um saldo positivo de 170 empregos formais, seguido do setor de serviços, com 78, e construção civil com 26. A indústria apresentou saldo negativo de 30 vagas.

Últimos 12 meses

Já no acumulado dos últimos 12 meses, Foz do Iguaçu teve um saldo positivo de 1.931 empregos com carteira assinada. No período, foram contratadas 27.227 mil pessoas e ocorreram 25.296 desligamentos. O município superou outras grandes cidades como Cascavel, Londrina, Maringá e Ponta Grossa. Curitiba se mantém na primeira posição com 2.787 postos de trabalho gerados no acumulado dos doze meses e São José dos Pinhais vem logo atrás com 2.780.

“É um número expressivo, levando em consideração que estamos atrás apenas de Curitiba e São José dos Pinhais, que concentram maior parte das grandes indústrias instaladas no Paraná. Foz do Iguaçu conseguiu se recuperar e o melhor ainda está por vir com os grandes projetos de infraestrutura em parceria com a Itaipu Binacional, Governo Federal, Infraero e Governo do Paraná”, comemora o prefeito Chico Brasileiro.

O secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla, atribui o bom desempenho do mês de julho à expansão de duas redes de supermercados, Muffato e Ítalo. “São investimentos que demonstram a confiança no crescimento da nossa economia”, afirma.

Cinco melhores

Por outro lado, no acumulado de janeiro a julho, Foz do Iguaçu continua em quinto lugar entre as cidades que mais geram empregos, com saldo positivo de 1.374 vagas nos sete primeiros meses do ano. Curitiba vem em primeiro com saldo positivo de 7.880 vagas, São José dos Pinhais em segundo lugar com 2.402 vagas. Maringá vem em seguida com 1.999, e Cascavel, logo atrás com 1.973 postos formais.

Piolla acredita que a expansão do turismo, juntamente com a perspectiva de abertura das lojas francas e do lançamento dos editais de concessão de novas áreas do distrito industrial vão impulsionar ainda mais a geração de empregos nos próximos meses. “Expectativa é batermos recorde de geração de empregos este ano”, afirma.

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

LEIA POR EDITORIA

Comentários