Educação e Cultura

itaipu binacional

Escola Internacional para Sustentabilidade completa 1 ano multiplicando conhecimentos sobre gestão territorial sustentável

Para sistematizar os mais de 40 anos de experiência da Itaipu no desenvolvimento e implantação de ações socioambientais em sua área de abrangência, o Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR) e a Binacional lançaram, no ano passado, a Escola Internacional para Sustentabilidade (EIS) – uma iniciativa educacional que disponibiliza de forma didática e gratuita os projetos, programas, conceitos e metodologias aplicados pela Usina, em consonância com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS)

A EIS se estabeleceu e, neste mês de abril, completa 1 ano, contando com participantes de diversos perfis, idades, cidades do Brasil e até de outros países.

Ao todo, foram mais de 2 mil pessoas inscritas no “Gestão para Sustentabilidade Territorial” – uma formação básica que apresenta a visão sistêmica do território e seus processos de gestão e mobilização como forma de “inspirar” pessoas dispostas a aplicar os conhecimentos do curso em suas empresas, comunidades e área de atuação.

Os conteúdos da EIS já alcançaram quase todos os países da América Latina com cursistas dos 26 estados brasileiros e Distrito Federal, e também representantes da Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, El Salvador, Equador, Guatemala, Haiti, Honduras, México, Paraguai, Peru, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.

Além disso, entre as 18 turmas ofertadas no período, nos idiomas português e espanhol, estavam presentes alunos da Austrália, Cabo Verde, Espanha e Estados Unidos.

O coordenador do projeto por parte da Itaipu, Rodrigo Cupelli, destacou a oportunidade que a Escola criou para o compartilhamento das expertises da Hidrelétrica na gestão territorial sustentável para o Brasil e para o mundo, além do retorno positivo dos alunso que passam pela formação básica.

“O conteúdo traz conceitos e exemplos que podem ser aplicados em diversos contextos, tendo a Itaipu como uma matriz na sua capacidade de unir a geração de energia renovável com a gestão ambiental, desenvolvimento social e tecnológico. Os próximos cursos trarão um aprofundamento para os temas e estamos trabalhando para ampliar nosso público”, adiantou Cupelli.

De acordo com Milena Olivi, analista ambiental do PTI e integrante da EIS, o Parque Tecnológico teve um papel de extrema importância na transformação de todo conhecimento acumulado pela Itaipu durante mais de quatro décadas em conteúdos pedagógicos sistematizados e, por fim, na gestão das turmas e suporte aos cursistas..


“É gratificante ver a adesão do público ao curso e a disseminação do conhecimento e de práticas sustentáveis para diferentes públicos a cada turma que é lançada”, finalizou Milena.

“Em casa”

A ampliação das redes de conhecimento sobre gestão sustentável da EIS alçou longos voos, mas nem por isso deixou de fazer sucesso em sua região de origem, o Oeste do Paraná.

Para se ter uma ideia, cerca de 800 cursistas são do oeste paranaense incluindo professores, estudantes, técnicos, servidores públicos, tomadores de decisão e entusiastas da temática.

Confira os depoimentos de quem já fez o curso.   Conheça o Podcast “Diálogos sustentáveis”, da EIS: ouça aqui.   Inscreva-se no canal no Youtube.   Fale com a equipe: [email protected] +55 45 99121-4862.

Comentários