Maisa Responde

Como montar um armário cápsula eficiente e funcional?

A quarentena tem sido momento de reflexão para muitas pessoas e, para outras, de colocar as atividades em dia e a casa em ordem. E cá estou eu para te ajudar a fazer aquela limpa (consciente!) no armário. Afinal, se antes já tínhamos um monte de peças que não usávamos, depois do isolamento, certamente, muita coisa vai mudar, não é mesmo? Papel e caneta na mão e vamos lá:

1) Liste 7 peças que você ama usar e justifique o porquê ama usá-las (estilo, dia a dia, trabalho e tipo físico);

2) Liste 7 peças que você não usa e justifique o porquê de não usá-las (o tecido é áspero, não é confortável, está apertado, curto, não faz mais o seu estilo, está manchado). Se você não utiliza essa peça há mais de um ano, provavelmente, não será agora que irá utilizá-la.

5) Responda as seguintes perguntas: Como passo o meu tempo? Que tipo de atividades fazem parte do meu estilo de vida? Quanto tempo passo no trabalho? Na academia? Em casa? Com os amigos?

6) Olhe o seu calendário de atividades e liste as peças que você tem para cada ocasião (trabalho, dia a dia, em casa, viagem, eventos sociais, etc);

7) Pesquise a temperatura média de sua cidade e anote as médias mais altas e as mais baixas para cada mês das estações. É interessante anotar a previsão de chuvas e sol e quais tipos de roupas que vão te manter confortável nessas condições.

8) Realize uma busca na internet para tentar fazer a identificação do seu estilo pessoal de se vestir. Existem inúmeros estilos, mas os principais são: romântico, sexy, básico, sofisticado, contemporâneo, criativo e esportivo.

9) Faça uma lista de lojas, marcas e designers que você ama e que funcionam para o seu estilo, corpo e orçamento. Também é útil fazer anotações sobre peças específicas que vestem perfeitamente em você. Pergunte-se: Onde eu compro as peças que eu mais gosto? Quais marcas combinam com meu orçamento? Quais marcas vestem bem para o meu tipo de corpo?

10)  Escreva as cores que mais gosta e as de todos os itens do seu guarda-roupa, incluindo sapatos e acessórios. Você também pode incluir padrões como listras ou estampas. Pergunte-se: Gosto de usar mais cores ou tons neutros? Quais são as cores que combinam com cada estação do ano? Que cores me fazem feliz? Quais fazem parte da minha cartela de cores? Com quais cores eu quero brincar?

12)  Crie 3 a 4 looks usando suas peças favoritas (tente procurar referências para usar suas roupas de formas diferentes, divida por estilos e fotografe). Pergunte-se: Que tipo de roupa eu uso sempre? Que tipo de roupas combinam com o meu estilo de vida? Que tipo de roupas descrevem a minha personalidade?

13)  Se você precisa de algumas roupas novas para completar o seu guarda-roupa, faça uma lista. Mas não esqueça de levar em consideração o que você já tem no armário, seu estilo de vida, eventos, viagens e etc. Pergunte-se: Preciso substituir algum item? Os itens que são coringas em meu armário estão em bom estado? Eu quero inserir algum item da estação ou tendência? Eu preciso de itens mais apropriados para a estação?

14)  Antes de sair comprando, procure online as peças de sua lista de compras. Dessa forma, você terá uma noção de quanto elas irão custar e se estão dentro do seu orçamento. A partir daí, você pode ajustar tudo o que quiser, eliminando peças não essenciais de sua lista ou, até mesmo, vender aquelas roupas que você separou do seu armário para financiar suas futuras compras. Separe as suas listas em duas: outono/inverno e primavera/verão e divida a sua compra para não pesar no orçamento.

Estão vendo como, se organizarmos direitinho, conseguimos ter um armário que funciona e que expressa exatamente quem somos e as nossas necessidades diárias? Convido a todos a colocar a mão na massa e vejo vocês na próxima dica.

Maisa Responde

Por: Maisa Silvestre

Maisa Silvestre, engenheira têxtil com especialização em gestão empreendedora e engenharia de produção, cofundadora da marca de roupas reversíveis Realma e apaixonada por moda, viagens, vida saudável e faça você mesmo.

Comentários