N

Nosso Povo

Bodas de música

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

A Escola de Música Arte e Som completa, em 2020, 25 anos de atividade em Medianeira. “Nesses 25 anos de existência, a escola passou e superou muitos desafios. Muitos companheiros de profissão mudaram seus ofícios por ver no segmento a incerteza tanto econômica como cultural que paira sobre o país. O certo é que nenhum desafio foi grande o suficiente para parar o que realmente amamos fazer: que é ensinar música e poder sonhar junto com quase 5 mil alunos que já passaram pela escola. E são essas experiências que nos dão a certeza de que venceremos mais uma”, afirmam os proprietários Josiel Amaro e Denise Corrêa.

A Escola oferece 17 cursos, sendo eles: Teclado, Gaita pianada, Guitarra, Violão clássico e erudito, Viola caipira, Violino, Bateria, Contrabaixo, Teoria musical, Harmonia, Técnica vocal, Saxofone, Flauta doce e transversal, Ukulelê e Musicalização infantil. “As aulas tem duração de 40, 50 e 60 minutos e agora também a opção de aulas online. Atendemos alunos de Medianeira, Missal, Itaipulândia, São Miguel, Aurora do Iguaçu, Serranópolis do Iguaçu, Matelândia, Céu Azul, Santa Helena e outras cidades via aula online”, destaca Josiel.

Desde o início dos trabalhos, a Escola seguiu a missão de proporcionar serviços na área do ensino musical, alicerçados na competência, tecnologia e valorização do ensino musical. Sempre de olho na visão de ser reconhecida regionalmente e no Paraná como instituição de referência na área de educação musical. “Nosso relacionamento como coordenadores, professores com colaboradores e alunos é transparente e baseado em responsabilidade, respeito e confiança entre as partes, afim de sermos facilitadores da realização dos sonhos de cada um, bem como exercer sustentabilidade social, cultural e econômica”, explica o proprietário.

Segundo ele, a metodologia utilizada é focada em mostrar para o aluno que é possível aprender música independente de suas limitações. “Temos planos de estudo com apostilas com certificado para cada etapa; avaliação individual a cada aula; programa de incentivos com brindes para cada tarefa cumprida; caderneta de anotações para acompanhamento do tempo de estudo em casa; recitais e participações em eventos; gravação em estúdio; atividades filmadas para acompanhamento do aluno e pais e práticas de banda. Em resumo, trabalhamos com três pilares: prática de instrumento, teoria e prática de bandas”, esclarece Josiel.

O proprietário e também professor finaliza destacando que a escola possui professores em níveis de estágio e titulares com pós-graduação em Educação. “Além de produzirmos grandes shows, como o SHOWBAS (Show de Bandas da Arte e Som), com convidados especiais, alunos e professores da escola”.

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

LEIA NOSSAS COLUNAS

Nosso Povo

Por: Ana Cláudia Valério

Mestre em Educação, Especialista em Docência no Ensino Superior e graduada em Comunicação Social – Jornalismo. Tem experiência em Jornalismo nas áreas de Televisão, Assessoria de Comunicação e Jornal Impresso, tendo trabalhado em veículos de comunicação, instituições de ensino superior e campanhas políticas. Hoje é editora do Jornal Mensageiro.

Comentários