N

Nosso Povo

Dos gramados de Medianeira para a Espanha

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

Esta semana tive a oportunidade de conversar com o paredão André Felipe Grandi, medianeirense, filho de Jair e Marilene Grandi e irmão da arquiteta Jessica. Aos 22 anos, o goleirão que começou no esporte treinando na escolinha do Medianeira Country Clube (MCC), acaba de receber uma grande oportunidade: foi contratado para integrar o grupo profissional do Deportivo Leganés, clube sediado em Madrid e que disputa a primeira divisão espanhola.

André nos contou um pouco da sua história no futebol, que teve início em 2007 no MCC, jogando alguns campeonatos no município. Em 2008 entrou para a escolinha de futsal do antigo “Colégio Alfa”, que tinha como treinador o professor Gilmar Pachla,  ali disputou competições mais importantes como: Campeonato Paranaense, Copa do Brasil, Sub-Brasileiro entre outros. Que também serviram de vitrine para o atleta. “Minha passagem pelo futsal foi muito importante, tínhamos uma equipe muito forte, sempre disputando finais”, comenta.

Em 2011 começou a jogar futebol de campo, treinando com o professor “Magrão”, focado em passar no teste do Internacional de Porto Alegre, e deu certo. Ficou na base do Inter até 2017, período em que teve uma breve passagem pelo São Paulo Futebol Clube, onde ficou seis meses e depois retornou a Porto Alegre para encerrar o contrato. “Acabei não renovando, fiquei um mês de férias e nisso surgiu a oportunidade de vir aqui para o Leganés, era a chance que eu estava esperando”, conta André. Os espanhóis gostaram dos vídeos do jogador e lhe convidaram para um período de avaliação no elenco profissional. “Eu abracei, vim pra cá, treinei três meses, o clube gostou do meu trabalho e me contratou”, comemora o goleiro.

Mesmo contratado, André não pode jogar pela equipe que já contava com três jogadores estrangeiros no elenco (máximo permitido pela Liga). Então foi emprestado para o Internacional de Madrid C.F, ali permaneceu toda a temporada passada, tendo boas atuações disputando a divisão B, com isso foi reintegrado ao elenco como terceiro goleiro. “Estou em uma fase muito bonita da minha carreira, é muito especial trabalhar com um elenco de primeira divisão, em uma das Ligas mais importantes do mundo. Muito gratificante estar vivendo essa experiência”, afirmou.

Perguntei a ele quem lhe inspirava no esporte e qual seu objetivo agora. André declarou que sempre gostou dos goleiros Manuel Neuer e Marc-André Ter Stegen do Barcelona, mas fez questão de destacar o goleiro da seleção brasileira Alisson Becker. “Eu sempre observo os atletas da minha posição e tento tirar o melhor de cada um, mas o Alisson pra mim sempre foi um cara a seguir, porque acompanhei de perto quando ainda treinava na base do Inter e ele era o goleiro titular, pude treinar com o Alisson algumas vezes, ele alcançou um nível muito alto. Sei o quanto trabalhou pra isso”, salienta. Vale ressaltar que Alisson saiu do Internacional contratado pela Roma em 2016, em um ano foi vendido para o Liverpool como o goleiro mais caro da história, foi campeão da Champions, sagrou-se melhor goleiro da Copa América e da Premier League.

De Madrid, André disse estar treinando forte para sua estreia e promete estar preparado para quando a hora chegar fazer o melhor possível. Quem quiser saber mais sobre o goleirão pode seguir no Instagram @andreegrandi. Desejamos boa sorte e sucesso!

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

LEIA NOSSAS COLUNAS

Nosso Povo

Por: Douglas Florêncio

Técnico em design gráfico e fotografia pelo Sesc/PR. Colunista esportivo, há mais de 10 anos trabalhando em jornal e outras mídias.

Comentários