N

Nosso Povo

coluna

Foco industrial

Adilton Avila da Silva nasceu em Medianeira, em 14 de outubro de 1966. Casado com Luciana Cordeiro Silva, tem dois filhos: Adilton Júnior e Helena Avila da Silva. “Comecei a estudar na Escola Plínio Tourinho em 1974, depois fui para o Colégio João Manoel Mondrone, finalizando meus estudos no Colégio Alfa, em 1983. Nesse tempo, meu pai e meu primo iniciaram a empresa Metalúrgica Iguaçu Med. Ltda. Eu ajudava na área de pintura a pincel, depois fui aprendendo a soldar, até aprender a fabricar janelas e portas metálicas”, conta Adilton.

PUBLICIDADE

Após 10 anos do início, a empresa foi fechada e desfeita sociedade. “Eu fiquei sem trabalho até o ano 1985, quando fui para o quartel em Foz do Iguaçu. Saindo do quartel, voltei a trabalhar com meu primo, ex-sócio do meu pai, na área de metalúrgica, como funcionário, até retomar a Metalúrgica Iguaçu em 1988, tendo como sócios Clademir Avila (meu irmão) e Bento Avila Silva (meu pai). E estou à frente da empresa até hoje”, relata.

Segundo Adilton, a evolução se deu com a fabricação, no início, de esquadrias, grades, cercas de ferro, para indústria de estruturas metálicas, que é o foco hoje.

Por ter a empresa consolidada, Adilton foi convidado para ser diretor de indústria da Acime e também presidente da Câmara Técnica pró-construção da Avenida 24 de Outubro, na área industrial. “Fico muito agradecido em poder representar as indústrias de Medianeira. Um setor que terá expansão muito forte com instalação de indústrias na região Oeste (Bom Jesus), com o novo plano diretor expandindo na área industrial, em toda marginal da BR 277, atraindo novas empresas para o município”, finaliza.

Metalúrgica Iguaçu ontem e hoje: evolução e profissionalismo

Nosso Povo

Por: Ana Cláudia Valério

Mestre em Educação, Especialista em Docência no Ensino Superior e graduada em Comunicação Social – Jornalismo. Tem experiência em Jornalismo nas áreas de Televisão, Assessoria de Comunicação e Jornal Impresso, tendo trabalhado em veículos de comunicação, instituições de ensino superior e campanhas políticas. Hoje é editora do Jornal Mensageiro.

Comentários