N

Nosso Povo

Pitadas de amor e dedicação

PUBLICIDADE

Nelci Eni Wentz Cunha dedicou 23 anos de sua vida a cozinhar com amor e dedicação para os mais variados eventos

Nelci Eni Wentz Cunha nasceu no dia 04 de março de 1945, na cidade de Três Passos, RS. Filha de Arminda e Paulo Wentz, tem três irmãos: Silvio (in memorian), Lori e Maria de Lourdes. Foi casada por 35 anos com Wanderley Cunha (in memorian) e deste matrimônio nasceram duas filhas: Gabriella e Ana Paula. “A Gabi trabalha como professora e a Paula é delegada da Polícia Civil. Tenho três lindos netos: Lívia, Davi e Luíza. Minha infância foi muito boa. Nasci na roça e lá permaneci até os 13 anos”, relembra.

Aos 15 anos Nelci já trabalhava como balconista em loja. Com 21 anos, começou a trabalhar em um Escritório de Contabilidade. “Vim morar em Medianeira no ano de 1972. Em 1983 comecei a trabalhar na Cooperativa Lar, permanecendo até 1995; ano em que deixei as escrivaninhas de lado e começou a surgir a paixão pelas comidas. Fui ecônoma do Medianeira Country Clube, atendendo na lanchonete do clube e no salão de festas (casamentos, aniversários, bodas, formaturas). Depois abri minha própria empresa de buffets, foram 23 dedicados a cozinhar com amor e dedicação para os mais variados eventos. Perdi as contas de quantos casamentos, formaturas, aniversários e festas realizei”, comenta Nelci.

Hoje, com 76 anos, ela tem uma disposição invejável, gosta de sair com amigas, jantar fora, viajar, ficar com os netos, tomar um chopp. “Porém, devido à pandemia do coronavírus, estamos restritos. Atualmente, moro com minha filha (Gabi) e minha neta (Luiza), e é com minha amada neta que passo todas as manhãs; à tarde ela vai para a escola. Faço os afazeres de casa e cozinho para minha família. Algumas vezes no ano vou a Ponta Grossa, na casa da minha filha Paula, para curtir os netos que moram lá. E eles também vêm me visitar frequentemente. Sou uma mulher realizada e muito feliz”, destaca.

Sobre o setor de eventos que atuou por muitos anos, Nelci reforça que é um dos ramos mais prejudicados durante esta pandemia. “Mas com fé logo tudo isso vai passar e voltaremos a ter nossa vida como era antes”, acredita. 

Nelci com as filhas Ana Paula e Gabriella e os netos Lívia, Davi e Luíza

Nosso Povo

Por: Ana Cláudia Valério

Mestre em Educação, Especialista em Docência no Ensino Superior e graduada em Comunicação Social – Jornalismo. Tem experiência em Jornalismo nas áreas de Televisão, Assessoria de Comunicação e Jornal Impresso, tendo trabalhado em veículos de comunicação, instituições de ensino superior e campanhas políticas. Hoje é editora do Jornal Mensageiro.

Comentários