N

Nosso Povo

Rumo a novos desafios

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves
A família está de mudança para os EUA, onde Gileno enfrenta um novo desafio na carreira

A coluna Nosso Povo dessa semana conta a história de Gileno Chmurzenski, que está de mudança para os EUA, onde, junto com a família, enfrenta um novo desafio na carreira de engenheiro.

Ele nasceu no dia 06 de dezembro de 1979, em Laranjeiras do Sul. Filho de Bernardino e Dirce Chmurzenski, tem dois irmãos Jairo Chmurzenski e Juliana Chmurzenski. É casado com Priscila Cristina de Castro Chmurzenski, com quem tem quatro filhos: Rafael (5), Arthur (2 e 10 meses) e os gêmeos Guilherme e Maria Eduarda (1). “Vivi minha infância em Foz do Iguaçu, da qual tenho boas recordações. Na minha adolescência, nos mudamos para o interior de Missal – Portão do Ocoy, onde concluí o ensino fundamental, sendo aprovado em 1995 para o curso Técnico em Eletromecânica do CEFET”, comenta Gileno.

            Após a formação pelo CEFET, Gileno trabalhou em Cascavel, onde iniciou a Faculdade de Engenharia em Controle e Automação. Em 2004, já casado, mudou com a esposa para Taubaté, em São Paulo, com o objetivo de ingressar na área de Engenharia. “Neste período, tivemos muitas dificuldades, visto que ambos precisavam concluir a faculdade e buscar uma recolocação. Dificuldades essas que fomos superando um com a ajuda do outro e suporte valioso dos meus pais”, destaca o engenheiro.

No primeiro ano em que eu estava em Taubaté, o profissional passou por quatro empresas até ingressar, como estagiário, na empresa em que trabalha até hoje. “Em 2007 me formei em Engenharia Mecânica e desenvolvi minha carreira como engenheiro de produto, de desenvolvimento de equipamentos para extração de petróleo, tendo como principal cliente no Brasil a Petrobras. Em 2012 fui transferido para Macaé, Rio de Janeiro, para atuar como gestor de Engenharia, atuando na área de suporte técnico e manutenção. Em 2015 conclui MBA em Gestão Empresarial pela FGV e continuei atuando na área de engenharia”, relata.

            E depois de anos de experiência, Gileno se prepara para mais um desafio. Ele foi transferido para a base de manutenção de equipamentos em Oklahoma, EUA, para atuar como engenheiro do produto, para uma linha de produto diferente da que se desenvolveu ao longo desses 14 anos. “Posso me considerar uma pessoa realizada profissionalmente, visto que, desde o curso técnico até o curso superior, tenho conseguido desenvolver atividades ligadas a minha área e conquistado novas oportunidades através do meu trabalho, apoio da família e principalmente com os planos traçados por Deus para nossas vidas”, salienta o engenheiro.

            E os planos não param por aí. Gileno pretende continuar se desenvolvendo nos estudos, prover educação e estrutura para a família e se adaptar a nova vida. “Apesar do nosso planejamento, o futuro a Deus pertence, e devemos estar preparados para enfrentar os desafios e planos que estão definidos para nós”, finaliza.

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

LEIA NOSSAS COLUNAS

Nosso Povo

Por: Ana Cláudia Valério

Mestre em Educação, Especialista em Docência no Ensino Superior e graduada em Comunicação Social – Jornalismo. Tem experiência em Jornalismo nas áreas de Televisão, Assessoria de Comunicação e Jornal Impresso, tendo trabalhado em veículos de comunicação, instituições de ensino superior e campanhas políticas. Hoje é editora do Jornal Mensageiro.

Comentários