N

Nosso Povo

Uma ideia que deu certo

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves
Edmar Bolsi, junto com a prima Mirtis Maria Valério, fundou o Jornal Mensageiro há 45 anos

Edmar Bolsi nasceu no interior do município de Encantado/RS, na localidade de Barra do Zeferino. É o primogênito de 12 irmãos, filhos de Heitor e Juvildes Bolsi, ambos já falecidos. “Desde muito cedo ajudava meus pais na lavoura e as chances de estudo eram mais escassas do que vemos hoje. Em 1969, chegamos a Medianeira, e trabalhei em uma distribuidora de bebidas, nosso empreendimento familiar. Nunca deixei de me esforçar e acreditar que a educação me abriria ainda muitas portas. Estudei no Colégio João Manoel Mondrone e, por duas vezes, fui presidente do Grêmio Estudantil, ocasião em que conseguimos angariar recursos para a construção de quadras de esportes e da sede própria do Grêmio, contando com o apoio do então Diretor Valdir Sabadin e da presidente da APM, a saudosa D. Clary Vaninni. Em 1977 me formei em Técnico de Contabilidade pelo Colégio Cenecista Delfos de Medianeira”, comenta o personagem especial da Coluna Nosso Povo dessa semana.

Especial, pois junto com a prima Mirtis Maria Valério fundou o Jornal Mensageiro há 45 anos. “No auge do período ditatorial que assolava o país, e sempre envolvido em reivindicações estudantis, dentre elas a liberdade de expressão, em 1973 vislumbrei a necessidade de haver em nossa cidade um veículo de comunicação que pudesse levar as notícias aos medianeirenses e região, além de ser um instrumento de utilidade pública. Em novembro daquele mesmo ano, compartilhei esta ideia à minha prima-irmã Mirtis Maria Valério, graduada em Letras e formanda do curso de Jornalismo. A partir disso, passamos a sonhar mais alto e, apesar de todos os percalços que se impuseram no caminho, no dia 17/05/1974 foi lançada a primeira edição do Jornal Mensageiro”, relembra Edmar.

No ano de 1975, casou-se com Lorena Pavan, com quem teve três filhas: as gêmeas Vanessa e Andressa e a caçula Taíssa. “A família cresceu e hoje sou avô de oito netos: Giovanni, 18; Manuela, 15; Pietro, 13 e Luigi, 11 (filhos da Vanessa); Valentina, 9 e Bernardo, 2 (filhos da Andressa); e Enzo, 13 e Matteo, 10 (filhos da Taíssa)”, afirma Edmar orgulhoso.

O tempo à frente do Mensageiro foi breve, mas o legado é sentido até hoje. Após dois anos de muita dificuldade com o jornal, Edmar, em sociedade com o irmão Edgar e o amigo Édalo Darolt, fundaram a indústria moveleira Dabol. “Em 1985 entrei para a área pública, atuando como Secretário de Administração na gestão do prefeito Dr. Adolpho Mariano da Costa, cuja maior conquista da época foi a construção do CEFET em Medianeira (atualmente UTFPR). Também estive à frente dessa pasta pública na gestão do prefeito Elias Carrer, quando na época conseguimos muitos feitos, dentre eles a revitalização da cidade”, relata.

Segundo ele, esse envolvimento com a área política veio desde os primórdios da juventude. “Algo que acredito estar no sangue familiar, como um bom brizolista que sempre fui – incentivado pelos saudosos Tranquilo Valério e Luiz Teló”, destaca.

Em 1995, Edmar mudou-se com a família para Curitiba, onde, de acordo com ele, conseguiu focar-se na sua grande paixão: a Educação. “Tanto é assim que em 1998 fundamos a empresa ‘Sem Fronteiras Tecnologia Educacional’, para levar soluções tecnológicas à educação pública e privada, visando a melhoria da prática educativa, integrando os conteúdos da grade curricular e a tecnologia aos valores que formam para a vida e a cidadania!”, salienta realizado.

Ao final da entrevista, um dos fundadores do Jornal Mensageiro reforça o seu orgulho de fazer parte dessa história. “Até aqui sua caminhada destacou-se sobremaneira pela busca de notícias com imparcialidade, integridade e inovação com que conduz o seu trabalho, com espaço aberto para opiniões e propondo discussões responsáveis e inteligentes. Em seus 45 anos, desejo que este veículo de comunicação permaneça sendo uma referência para todo o oeste paranaense, conduzido por essa equipe séria e competente. Vida longa ao Jornal Mensageiro!”, finaliza Edmar.

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

LEIA NOSSAS COLUNAS

Nosso Povo

Por: Ana Cláudia Valério

Mestre em Educação, Especialista em Docência no Ensino Superior e graduada em Comunicação Social – Jornalismo. Tem experiência em Jornalismo nas áreas de Televisão, Assessoria de Comunicação e Jornal Impresso, tendo trabalhado em veículos de comunicação, instituições de ensino superior e campanhas políticas. Hoje é editora do Jornal Mensageiro.

Comentários