N

Nosso Povo

Vida de goleiro em tempos de Pandemia

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

Aproveitando a passagem do Dia do Goleiro, no último domingo (26), o personagem que trazemos esta semana é o atleta Laion de Freitas, nascido em Foz e ex-morador de São Miguel do Iguaçu, atualmente atuando na equipe Feldi Eboli Futsal, da Itália. Em conversa exclusiva para nossa coluna, ele comentou um pouco sobre sua carreira e como está sendo passar este momento de crise mundial.

Laion nasceu em Foz do Iguaçu, aos 10 anos mudou-se para São Miguel, onde começou a treinar na antiga escolinha do Cavalca e Verona (equipe que marcou época no futsal paranaense). Estudou no Colégio Parigot e depois também passou pelo Castelo Branco. Ficou no Brasil até os 17 anos, sua ultima equipe aqui foi o Umuarama Futsal, quando recebeu convite para jogar na Itália. Lá, depois da passagem pelo Bisceglie de 2007 a 2012, mudou-se para o Bologna, onde permaneceu de 2012 a 2015. Depois jogou no Futsal Isola de 2015 a 2016, em 2017 ingressou na Lázio e atualmente está há cerca de dois anos no Feldi, equipe que disputa a séria A1 do futsal italiano. Laion atuou pela última vez dia 22 de fevereiro contra o Padova, fora de casa, em partida válida pelo Campeonato Italiano. Com vitória por 2×1.

PANDEMIA – Comentando sobre a paralisação dos jogos, ele destacou que teve sorte de retornar para Foz ainda no início da pandemia, visto que a Itália é um dos países mais atingidos pela Covid-19. “Depois do jogo contra o Padova, tivemos 3 ou 4 jogos cancelados, até que o clube resolveu liberar os atletas para retornarem para suas casas. Tive sorte de conseguir embarcar antes dos aeroportos fecharem. Está difícil esse tempo todo sem  treinar e jogar, já estava de quarentena na Itália por causa da paralização e agora no Brasil também. Aqui procuro manter os treinamentos como posso e estou contando os meses pra chegar agosto, que é a previsão para voltar os treinos na Itália”, destacou.

PUBLICIDADE

Anuncie - Naves

LEIA NOSSAS COLUNAS

Nosso Povo

Por: Douglas Florêncio

Técnico em design gráfico e fotografia pelo Sesc/PR. Colunista esportivo, há mais de 10 anos trabalhando em jornal e outras mídias.

Comentários